América

AMÉRICA

Em menos de dois meses, América supera números de 2016 jogando longe do Horto

Vitória sobre o xará de Teófilo Otoni foi a terceira fora de casa

postado em 20/03/2017 16:05 / atualizado em 20/03/2017 19:15

Divulgação / América

O América parece ter superado um dos grandes traumas vividos na temporada passada. Em 2016, os números do Coelho fora de casa eram indícios de que a luta pela permanência na Série A seria ainda mais difícil. Foram apenas duas vitórias jogando como visitante durante todo o ano, e o resultado no Campeonato Brasileiro foi mais um rebaixamento. Para 2017, o Alviverde já mostrou que tem mentalidade diferente para defender o título Estadual e buscar nova participação na elite do futebol nacional em 2018.

A vitória desse domingo sobre o xará América, por 2 a 0, em Teófilo Otoni, foi a terceira dos comandados de Enderson Moreira fora de casa nesta temporada. O Coelho bateu o Democrata, também por 2 a 0, em Governador Valadares, na estreia da equipe no Campeonato Mineiro. O segundo triunfo como visitante veio a 2.793 quilômetros de casa, em outro 2 a 0, contra o Atlético, em Rio Branco, no Acre, pela Copa do Brasil.

Os pontos conquistados longe do Horto têm sido fundamentais no desempenho americano na defesa pelo título Estadual. Além das vitórias sobre América-TO e Democrata-GV, o Coelho buscou mais um ponto fora, no empate contra a Caldense, em Poços de Caldas. Os sete pontos dessas partidas correspondem a 50% da pontuação total da equipe até o momento nas oito rodadas disputadas no Mineiro.

“A gente tem um time organizado e que marca bem, dá poucas oportunidades aos adversários. Há muita coisa a ser melhorada e temos trabalhado nisso. Estamos com consistência e isso é importante para buscamos os objetivos. Ano passado, não conseguíamos fazer gol fora de casa, hoje conseguimos controlar a partida, às vezes criar mais chances que os adversários. Isso é fruto de um bom entendimento dos jogadores”, analisou Enderson Moreira.

Na sequência da temporada, dois dos próximos quatro jogos são longe de Belo Horizonte. O América encara o Tupi, no dia 2 de abril, em confronto válido pela penúltima rodada do Estadual. Se vencer o Tricordiano, no Independência, no próximo sábado, o embate contra o Galo Carijó no próximo mês poderá selar a classificação do Coelho às semifinais do Mineiro. Três dias depois da partida em Juiz de Fora, os comandados de Enderson Moreira vão a Porto Alegre enfrentar o Grêmio, pela Primeira Liga, em duelo que pode confirmar uma vaga ao Alviverde na próxima fase da competição.

Tags: copadobrasil futnacional interiormg