América

AMÉRICA

Rafael Lima aprova desempenho do América e aponta postura para decisão da semifinal

Capitão alviverde pediu atenção do Coelho por vitória no clássico

postado em 19/04/2017 17:05 / atualizado em 19/04/2017 17:43

Carlos Cruz/América
América e Cruzeiro decidirão mais uma vez quem avança às finais do Campeonato Mineiro. No ano passado o Coelho bateu o rival e seguiu rumo ao título. Para defender a conquista do Estadual de 2016, só a vitória interessa os comandados de Enderson Moreira no domingo, no Mineirão. E os desafios do clássico nesta temporada parecem estar ainda mais duros. Ainda assim, o capitão alviverde vê grandes chances da equipe americana chegar à grande decisão.

Experiente, o zagueiro Rafael Lima chegou ao América neste ano e já se firmou como o capitão do time. Ele esteve em campo em 15 dos 17 jogos da equipe na temporada. Para o defensor, o desempenho do Coelho na primeira partida das semifinais, no empate em 1 a 1 no Independência, mostrou que o elenco alviverde pode fazer frente e bater o rival mais uma vez para alcançar o objetivo do clube no Mineiro.

“Mostramos para nós mesmos que temos condições jogar de igual para igual com o Cruzeiro. Assim como foi no primeiro jogo, que perdemos por 1 a 0, mas o Rafael já havia feito algumas defesas muitos importantes. Nesse último jogo também. Abrimos o placar e, num descuido nosso, acabamos sofrendo o gol. Sabemos que eles têm muita qualidade, principalmente em definição, então sabemos que se eles tiverem oportunidades não vão desperdiçar. A gente, da mesma maneira, quando tivermos temos que concluir bem”, apontou Rafael Lima.

“O Cruzeiro tem um padrão de jogo, como nós temos. Não acho que será um jogo de lá e cá a todo momento, de ataque e contra-ataque direto. Como foi (o anterior), será um jogo de duas equipes com padrão, com jogadores inteligentes que fazem a bola rolar e que criam muito. Nós que jogamos na defesa temos que tentar neutralizar esses pontos fortes do Cruzeiro e estar procurando contribuir com passes para quebra de linhas e para nossos atacantes poderem ter chances de gol”, complementou.

Além de significar a vaga na final do Estadual, a vitória no domingo também será a quebra de uma marca importante do rival - o Cruzeiro ainda não perdeu nenhuma partida na temporada. Se quiser avançar à decisão do Mineiro, o Coelho deve derrubar a invencibilidade celeste. “Sabemos que o Cruzeiro ainda não perdeu e que é ainda mais forte em casa. Só um resultado nos interessa. É óbvio que será um jogo muito difícil, mas ao término dos 90 minutos temos que estar à frente no placar para passar à final. Trabalhamos durante a semana para que possamos conseguir ter oportunidades e transformá-las em gol”, concluiu o capitão americano.

Tags: rafael lima américa coelho interiormg