RSS Twitter Contato

Minha Conta:

Esqueceu a senha?
  • (0) Comentários
  • Votação:

1 a 0

Em jogo de lances polêmicos, Corinthians vence e quebra invencibilidade do Galo

Atlético não perdia há 14 jogos e teve gol anulado no fim do segundo tempo

Thiago de Castro - Superesportes

| Tags: celular 

Publicação:

02/09/2012 18:02

 

Atualização:

02/09/2012 19:21

Piervi Fonseca/Agif/Folhapress

Tarde ruim para o Atlético no Campeonato Brasileiro. O Corinthians levou a melhor no Pacaembu. O resultado de 1 a 0 teve gol anotado por Paulo André, no segundo tempo.

A etapa final foi quente. Teve expulsão do atacante Emerson, do Corinthians, e do lateral Junior César, do Galo, em momentos diferentes. Mas o lance mais polêmico foi o gol anulado do Atlético. A arbitragem marcou falta de Leonardo Silva em Fábio Santos em jogada concluída por Guilherme.

Na próxima rodada, o Galo visita o Bahia, no Pituaçu, quarta-feira, às 19h30. O Corinthians vai a Florianópolis enfrentar o Figueirense, às 22 horas do mesmo dia.

Apesar do revés, a equipe de Cuca segue na liderança do Campeonato Brasileiro, com 44 pontos. O Fluminense tem a mesma pontuação. Mas o Atlético segue com um jogo a menos.

Primeiro tempo

Os principais lances do Atlético, no primeiro tempo, passaram pelos pés de Ronaldinho ou Bernard. Mas o Corinthians atacou primeiro. Aos 4 minutos, Danilo armou boa jogada pela direita e passou para Emerson finalizar. Leonardo Silva fez o corte.

Depois, em dois bons lances, o Galo poderia ter marcado. Primeiro, aos 9 minutos, a bola sobrou na esquerda para Bernard, após escanteio cobrado por Ronaldinho. O jovem meia cruzou rasteiro, mas ninguém completou.

Aos 11, Ronaldinho fez lindo lance na direita, com dois chapéus nos marcadores corintianos. Ele avançou e cruzou para Bernard, que toca de primeira para Jô. O camisa 32 finaliza sem precisão.

A partir daí, o jogo ficou menos interessante, com poucos lances de perigo. O Galo tentava avançar com cruzamentos e escanteios, principalmente. Mas o gol poderia ter saído ainda na primeira etapa.

Marcos Rocha cruzou, aos 41, e Bernard ajeitou para Jô cabecear. Cássio disputou a bola com o camisa 32 e os paulistas conseguiram se safar.

Segundo tempo


Ronaldinho e Jô tentaram tabela, mas a defesa corintiana afastou o perigo, aos 8 minutos. Foi o primeiro lance mais insinuante da etapa final.

Aos 11, a melhor chance de gol paulista. Cássio lançou a bola para frente. Emerson ganhou disputa com Réver e passou para Romarinho. O camisa 31 finalizou alto, para fora.

O Atlético passou a ter mais posse de bola e o Corinthians tentava acertar os lances de contra-ataque. Emerson teve outra chance ao ser lançado em velocidade, mas bateu para fora.

Os paulistas chegaram ao gol aos 18 minutos. Douglas cobrou escanteio e Paulo André desviou para o gol sem marcação: 1 a 0.

Em seguida, Leonardo Silva tropeçou na área, com a bola, e Emerson fez o bote. Depois, Réver conseguiu evitar a finalização. O Atlético ficou desorganizado após sofrer o gol.

Aos 31 minutos, Emerson foi expulso, ao receber o segundo amarelo. Ele ajeitou a bola com o braço, no setor ofensivo. O técnico Tite reclamou muito e também foi expulso. O atacante corintiano demorou a deixar o campo.

O Atlético pressionou a equipe paulista nos minutos finais. Aos 45, houve um gol anulado. Leonardo Silva cabeceou cruzamento para Guilherme finalizar e marcar. A arbitragem marcou falta do zagueiro alvinegro na disputa aérea com Fábio Santos.

Depois, Junior César foi expulso ao reclamar com Péricles Bassols. O Galo ainda pressionou muito em busca do gol, mas não conseguiu o empate.

CORINTHIANS 1 X 0 ATLÉTICO

Corinthians
Cássio, Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos (Wallace); Ralf, Paulinho, Douglas (Edenílson) e Danilo; Romarinho (Martinez) e Emerson
Técnico: Tite

Atlético
Victor, Marcos Rocha (Neto Berola), Leonardo Silva, Réver e Junior César; Pierre, Leandro Donizete (Escudero), Danilinho, Ronaldinho e Bernard; Jô (Guilherme)
Técnico: Cuca

Gol: Paulo André (COR, 18min/2ºT)
Cartões amarelos: Leandro Donizete, Leonardo Silva, Junior César, Réver e Ronaldinho (ATL), Emerson, Douglas, Paulo André, Chicão, Alessandro e Cássio (COR)
Cartão vermelho: Emerson (COR, 31min/2ºT) e Junior César (ATL, 45min/2ºT)
Público: 36.493 pagantes

Motivo: 21ª rodada do Campeonato Brasileiro 2012
Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 02/09/2012, domingo, às 16 horas
Árbitro: Pericles Bassols (FIFA-RJ)
Assistentes: Altemir Hausmann (FIFA-RS) e Fábio Pereira (TO)

Comentar notícia

Verificando informações

Esta matéria tem:

(0) comentário(s)

Não existem comentários ainda


Blog do torcedor

Blogs e Colunas