ATLÉTICO

Capitão do Galo pede que André se oriente melhor e respeite sempre seu local de trabalho

Leonardo Silva comentou atitude do jogador em rede social na semana passada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 24/01/2016 08:00 / atualizado em 23/01/2016 17:54

Luiz Martini /Superesportes

EM DA PRESS
André cavou seu lugar dentro do Atlético: fora dos planos da diretoria e da comissão técnica. A chance de ser aproveitado deu lugar a treinos à parte ao lado de Fillipe Soutto, Emerson Conceição e Pedro Botelho.

Uma das referências do time pelos cinco anos de Atlético, o capitão Leonardo Silva foi abordado sobre o assunto. O veterano considerou que é difícil controlar tudo que acontece com o grupo, e que André precisa ser melhor orientado por seus agentes e respeitar seu local de trabalho.

“É muito difícil, mesmo como capitão, estar presente em todos os lugares. Isso acontece com o ser humano, às vezes, toma uma atitude errada. É importante ter pessoas que possam orientá-lo, para que ele tome atitudes corretas. Aconteceu, não tem jeito. Que ele seja bem orientado e respeite sempre onde estiver”, concluiu Léo Silva.

O Atlético informou à imprensa que o afastamento de André do grupo principal não é uma retaliação pelo episódio do escudo do clube apagado em uma foto no Instagram. De qualquer maneira, a paciência da diretoria com o atacante se esgotou. Ao mesmo tempo em que tenta punir o jogador, o Galo espera um ressarcimento financeiro para ceder o jogador antes do fim do contrato. O vínculo termina em junho.

Segundo a assessoria de comunicação do clube, nenhuma proposta oficial do Corinthians chegou ao Galo. Nos EUA, o diretor Edu Gaspar afirmou que conversou com Eduardo Maluf sobre a chance de o Atlético liberar o atacante no primeiro semestre. A imprensa paulista garante que ele tem um pré-contrato assinado com a equipe de Tite para o segundo semestre.

Tags: silva leonardo andre atlético galo