Atlético

CAMPEONATO BRASILEIRO

Após eliminação, Atlético enfrenta Fla para encerrar jejum em casa e reagir no Brasileiro

Pressionado, Galo inicia returno da Série A com objetivo de 'salvar' temporada

postado em 13/08/2017 06:30 / atualizado em 12/08/2017 21:30

Bruno Cantini/Atlético

Eliminado da Copa Libertadores da América e há 41 dias sem vencer em casa, o Atlético tenta, urgentemente, encerrar a péssima fase na temporada. Em busca da reação, o Galo inicia a jornada no returno do Campeonato Brasileiro contra o Flamengo, neste domingo, às 16h, no Independência. Em meio à forte pressão, o Alvinegro precisa dar a resposta à torcida no clássico nacional e arrancar rumo ao G6 – único objetivo restante em 2017.

O Atlético está na 15ª colocação do Brasileiro, com 23 pontos. Na abertura da 20ª rodada, o Galo está a cinco pontos de distância do grupo de classificação à Libertadores e a dois da temida zona do rebaixamento. Na Série A, a equipe de Rogério Micale vem de duas derrotas seguidas – contra Corinthians e Grêmio. Para piorar, o elenco tenta reagir às cobranças após a queda nas oitavas de final da competição sul-americana, na quarta-feira passada, diante do Jorge Wilstermann, da Bolívia, com empate sem gols no Mineirão.

No retorno ao Horto, o Atlético mira o fim do jejum de quatro jogos como mandante no Brasileiro, com derrotas seguidas para Santos, Bahia, Vasco e Corinthians. A última vitória diante da torcida foi no clássico contra o Cruzeiro, por 2 a 1, em 2 de julho, pela 11ª rodada do Brasileirão.

No comando do Atlético há apenas cinco jogos, mas com amargas eliminações na Copa do Brasil e na Libertadores, Rogério Micale acredita que os jogadores precisam abstrair a pressão das arquibancadas. O técnico valoriza a campanha como visitante na Série A – com quatro das seis vitórias da campanha – e trabalha a confiança da equipe para encerrar a incômoda situação em casa.

“O que passou não tem como voltar. Estamos iniciando um turno com jogos importantes pela frente. Temos que passar uma borracha e ganhar em casa. Sempre foi importante os pontos dentro de casa. Estamos invertidos este ano. Não é uma circunstância nossa. Temos visto isso com várias equipes. O fator casa sempre foi importante e vamos tentar retomar isso, com organização e equilíbrio. Os interessados em sair dessa fase somos nós. Quando vive um momento intranquilo, é lógico que você estará inseguro para executar ações, porque elas vão gerar um desequilíbrio. Se errar um passe, haverá vaia, e você se torna previsível. Temos de passar confiança. Erre, tente, faça, porque só assim podemos furar uma defesa bem postada. Se não houver boa disposição , você está ferrado. E se acertar, pode errar 10 vezes. Erre, tente, esteja leve, mesmo com todo ambiente não favorável”, comentou o treinador atleticano.

Para o jogo deste domingo, Micale não poderá contar com Gustavo Blanco e Fred, lesionados. O volante tem uma tendinite no tornozelo esquerdo. Já o atacante saiu muito desgastado do jogo contra o Jorge Wilstermann e será poupado para aprimorar a forma física. Antes da partida com os bolivianos, o artilheiro vinha de inatividade desde 23 de julho, quando sofreu uma lesão na panturrilha direita no compromisso com o Vasco.  Desta forma, Adilson e Valdívia disputam uma vaga no meio-campo, enquanto Rafael Moura deve formar a dupla de ataque com Luan.

FLA SEM DIEGO E GUERRERO


Um dos concorrentes ao título nacional, o Flamengo é o quinto colocado, com 29 pontos. A equipe será comandado em Belo Horizonte interinamente por Jayme de Almeida, antes da chegada de Reinaldo Rueda, substituto de Zé Ricardo. Os meias Diego e Everton, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, e o atacante Paolo Guerrero, lesionado, são os desfalques dos cariocas contra o Atlético. A formação rubro-negra deve ter três volantes, com Cuéllar na marcação. No ataque, Orlando Berrío atua ao lado de Felipe Vizeu.

ATLÉTICO X FLAMENGO

ATLÉTICO: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Adilson (Valdívia) e Cazares; Luan e Rafael Moura. Técnico: Rogério Micale

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Rever, Rodholfo e Miguel Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão, Gustavo Cuéllar e Everton Ribeiro; Orlando Berrío e Felipe Vizeu. Técnico: Jayme de Almeida.

Local:
Independência, em Belo Horizonte
Data e horário: 13 de agosto de 2017 (domingo), às 16h
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)

Tags: campeonato brasileiro atlético seriea flamengorj independencia