CRUZEIRO

Veloz e com boa saída de bola: jornalistas descrevem perfil de novo volante do Cruzeiro

Marciel deverá desembarcar em BH nesta semana para realizar exames médicos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 25/01/2016 08:00 / atualizado em 24/01/2016 18:59

Tiago Mattar /Superesportes

Instagram/Reprodução
O Cruzeiro aguarda a chegada do Corinthians ao Brasil, nesta segunda-feira, para definir a data em que Marciel desembarcará em Belo Horizonte. Contratado na negociação que mandou Willians para o Corinthians, o jovem volante chegará à Toca II para brigar por posição no movimentado setor de meio campo do clube celeste. Formado na base do Fragata, de Pelotas, no Rio Grande do Sul, o jovem foi para o Corinthians ainda nas categorias inferiores e despertou atenção de Tite, que o promoveu em 2015.

No profissional, Marciel ganhou poucas oportunidades, embora tenha marcado um gol na campanha vitoriosa do Corinthians no último Brasileirão. Rapidamente, o volante ganhou o respeito dos torcedores alvinegros, que reclamaram nas redes sociais pela transferência ao Cruzeiro. Com poucas referências de seu estilo de jogo, o Superesportes ouviu jornalistas de São Paulo, que reportaram o dia a dia do Corinthians durante a passagem de Marciel pelo Parque São Jorge.

Além de posições parecidas em relação ao estilo de jogo dinâmico de Marciel, os dois repórteres foram unânimes sobre o potencial do jogador e a valorização que o Corinthians espera do jovem. O volante defenderá o Cruzeiro por uma temporada e terá seus direitos econômicos fixados. Os clubes não divulgaram o valor numa suposta compra ao fim do ano. Willians já está em São Paulo e deverá ser apresentado ainda nesta semana.

Marcus Alves, ESPN.com.br

Instagram/Reprodução
“É o tipo de volante que pode fazer a diferença no meio de campo do Cruzeiro. Tem o estilo de jogo leve, toca de primeira, dá movimentação e rapidez ao setor. Pode dar aquela mobilidade que o meio de campo do Cruzeiro não tem desde a saída do Lucas Silva. O próprio fato de muita gente fazer comparação dele com o Marquinhos (zagueiro, no PSG), em relação a perda que o Corinthians pode ter, liberando um cara por tão pouco que futuramente vai valer muito, dá ideia da valorização que ele tem no Corinthians. É muito novo, da geração de 1995, e o Tite não está valorizando tão bem. Era consenso no clube que era a vez do Marciel.”

Rodrigo Vessoni, Lance!

Instagram/Reprodução
“O Marciel é um segundo volante, com boa saída de bola. Surgiu nas de categorias de base e desde os primeiros jogos, quando ganhou oportunidade com o Tite no time principal sempre jogou bem. Depois que ele apareceu, no jogo contra o Fluminense, ele deu uma estrelada, subiu um pouco na cabeça, e internamente houve uma preocupação nesse sentido. Tanto que o Tite voltou a colocá-lo na equipe Sub-20, tentando demonstrar para ele que as coisas não eram bem assim. Isso complicou ele um pouco com a comissão técnica. É um alerta em relação ao Cruzeiro. Dentro de campo, é um grande jogador, tem muito futuro pela frente e sempre que jogou, nunca comprometeu. Muito pelo contrário. Tem futuro e pode, se não titular, ser muito útil durante a temporada.”

Tags: corinthianssp velocidade transferência volante mercadobola cruzeiro