Cruzeiro

CAMPEONATO BRASILEIRO

Com atenção dividida, Cruzeiro abre returno da Série A contra o São Paulo, no Morumbi

Raposa joga na manhã deste domingo, às 11h, com time mesclado, já que na quarta-feira haverá duelo importante contra o Grêmio pela Copa do Brasil

postado em 12/08/2017 21:00 / atualizado em 13/08/2017 09:48

Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Com a atenção dividida entre o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, o Cruzeiro enfrenta o São Paulo na manhã deste domingo, a partir das 11 horas, no Morumbi, pela abertura do returno da elite nacional. Sétimo colocado na Série A, com 27 pontos, o clube celeste terá pela frente um adversário pressionado na luta contra o rebaixamento. O Tricolor ocupa apenas o 17º lugar, com 19 pontos, e por isso conta com apoio maciço de seu torcedor para escapar da zona de degola. Tanto que os são-paulinos esgotaram os ingressos da partida já nessa sexta-feira. A expectativa é de que mais de 50 mil pessoas compareçam ao estádio.

Se o clima deste domingo é de decisão para o São Paulo, que escalará o que tem de melhor, o Cruzeiro precisa administrar o condicionamento físico das peças de seu elenco, pois na quarta-feira terá o compromisso mais importante do ano – contra o Grêmio, em Porto Alegre, às 21h45, pelo duelo de ida das semifinais da Copa do Brasil. Por causa da preferência pelo torneio eliminatório, cuja conquista garante vaga na fase de grupos da Copa Libertadores de 2018, o técnico Mano Menezes dará descanso a vários titulares. Ficarão no banco de reservas o goleiro Fábio, o zagueiro Murilo, o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, o volante Lucas Romero, o armador Thiago Neves e o meia-atacante Elber. O volante Lucas Silva está suspenso.

Em compensação, Mano aproveitará para testar atletas que jogaram pouco em 2017, casos do lateral-esquerdo Bryan e do volante Nonoca, além de promover a estreia do zagueiro Digão e dar ritmo aos recém-recuperados de lesão Hudson e Ezequiel. O treinador também confirmou a entrada do goleiro Rafael, que começou o ano como titular, mas voltou para o banco depois do retorno do veterano Fábio – afastado dos gramados de agosto de 2016 a março de 2017 por causa de ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Diante de tantas mudanças, quem recebe a oportunidade quer aproveitá-la para ganhar prestígio com Mano Menezes. É o caso do volante Hudson, que retorna ao time depois de pouco mais de um mês – sofreu lesão muscular no dia 9 de julho, na vitória por 3 a 1 sobre o Palmeiras, no Mineirão, pela 12ª rodada do Brasileiro. De acordo com o meio-campista, o Cruzeiro está empenhado em vencer no Morumbi, pois pretende se manter próximo ao G6.

“Temos que nos preocupar em ir para São Paulo e fazer um bom jogo, buscar os pontos, porque não podemos deixar o G6 ficar muito longe de nós. É fazer um grande jogo e trazer a vitória para Belo Horizonte. Estamos nos cobrando por uma campanha mais regular. O Brasileiro premia esse tipo de equipe e estamos devendo nessa parte. Precisamos buscar essa regularidade no segundo turno”, disse o camisa 25, que pode até mesmo ser opção para quarta-feira diante do Grêmio.

Articulador

Conforme os últimos treinos na Toca da Raposa II, Robinho será o articulador de jogadas do Cruzeiro e terá a missão de substituir Thiago Neves, artilheiro da equipe no campeonato, com seis gols. Os dois apresentam estilos de jogo diferentes. Enquanto Robinho pode atuar até mesmo como volante em virtude da obediência tática, Neves funciona na posição de ponta de lança, espécie de “elemento surpresa” que se infiltra na grande área para concretizar os passes oriundos das laterais. As semelhanças são a qualidade no passe e a visão de jogo. É grande o desafio do camisa 19, já que o colega poupado lidera o fundamento "finalizações certas" no Brasileiro, com 34 tentativas em 16 partidas.

Adversário

Duas novidades chamam a atenção na equipe do São Paulo para o jogo deste domingo. A primeira é até esperada: a entrada de Marcos Guilherme no lugar do suspenso Cueva. Já a segunda, executada por opção de Dorival Júnior, é ousada: o jovem Éder Militão, de 19 anos, ganhou a vaga de Jucilei no meio-campo. A razão dessa alteração é que Militão tem características mais defensivas e, desta forma, pode liberar Petros para se aproximar de Hernanes em faixa mais avançada do campo.

SÃO PAULO X CRUZEIRO

SÃO PAULO
Renan Ribeiro; Buffarini, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Militão, Petros, Hernanes e Marcos Guilherme; Marcinho e Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

CRUZEIRO
Rafael; Ezequiel, Leo, Digão e Bryan; Hudson e Nonoca; Rafael Sobis, Robinho e Alisson; Sassá
Técnico: Mano Menezes

Motivo: 20ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Morumbi
Data: domingo, 13 de agosto de 2017
Horário: 11h
Árbitro: Rafael Traci (PR/CBF)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR/CBF) e Pedro Martinelli Christino (PR/CBF)
Assistentes adicionais: Adriano Milczvski (PR/CBF) e Edina Alves Batista (PR/FIFA)
Pendurados do Cruzeiro: Lucas Romero, Robinho, Thiago Neves e Sassá

Tags: saopaulosp futnacional interiormg estatísticas cruzeiro