Cruzeiro

CAMPEONATO BRASILEIRO SUB-20

Com bom público no Horto, Cruzeiro sofre gol no fim e empata com o Coritiba no primeiro jogo da final do Brasileiro Sub-20

Os dois gols da partida desta quinta-feira foram marcados na etapa final

postado em 12/10/2017 18:04 / atualizado em 13/10/2017 08:49

Juarez Rodrigues/EM/D.A. Press
O Cruzeiro Sub-20 caminhava para dar um passo importante rumo ao título do Campeonato Brasileiro da categoria. Os comandados de Emerson Ávila venciam o Coritiba por 1 a 0 até os 38’ da segunda etapa, na tarde desta quinta-feira, no Independência, no primeiro jogo da final da competição. A Raposa acabou castigada por uma desatenção na marcação. De cabeça, Thalisson Kelven empatou a partida e deu números finais ao placar. O gol dos donos da casa, registrado depois de pênalti polêmico, foi marcado pelo atacante Marcelo. 

Diferentemente do que acontece na maioria das competições de base, os jogadores foram observados de perto por muitos cruzeirenses, que compareceram em bom número ao Horto. A direção do clube promoveu a partida durante toda a semana e colocou ingressos a R$5 para os sócios. O torcedor comum pagou R$10.    

O segundo jogo da decisão está marcado para a sexta-feira da próxima semana, dia 20, às 16h30, no Couto Pereira. Para esse duelo, o técnico Emerson Ávila poderá ter o retorno do meio-campista Vander, um dos principais nomes do time e que deverá ser promovido ao elenco profissional em 2018. Além dele, o lateral-esquerdo Victor Luiz, outro observado por Mano Menezes, volta após cumprir suspensão. O volante Márcio segue como dúvida. 

O jogo

Mandante do jogo, o Cruzeiro fez seu papel e controlou a posse de bola nos instantes iniciais de partida. Capitão e camisa 10 do time, Thonny Anderson cumpriu a missão de principal articulador e distribuiu o jogo, além de liderar o posicionamento da primeira linha de marcação. Apesar do alto índice de acerto na troca de passes no setor ofensivo, a Raposa não conseguiu criar chances claras de gol. A primeira veio com Nonoca, volante do elenco profissional e que foi ‘emprestado’ ao Sub-20 em função das lesões de Márcio e Vander. O camisa finalizou de fora da área, aos 22’, mas nas mãos do goleiro Arthur.

Com três zagueiros e estratégia claramente reativa, a exemplo do que foi nas semifinais contra o São Paulo, o Coritiba apostou suas fichas nos contra-ataques. Amassado nos instantes iniciais de jogo, embora com marcação muito encaixada, a equipe verde e branca buscou mais as jogadas ofensivas na segunda metade da primeira etapa e equilibrou o duelo. Aos 39’, os visitantes tiveram a chance mais clara de gol. Gustavo Índio cruzou pelo lado direito, superou o goleiro Vitor Eudes, mas Lucas Soares salvou antes de a bola chegar ao atacante Mosquito. 

Na volta do intervalo, polêmica logo nos minutos iniciais. Depois de cobrança de escanteio do Cruzeiro, a bandeirinha Fernanda Nândrea Gomes viu mão do zagueiro do Coritiba na tentativa de cortar a bola dentro da área – o replay mostrou que não existiu infração. O árbitro Wanderson Alves de Sousa marcou pênalti e Marcelo converteu, abrindo o placar para os donos da casa aos 6’. 1 a 0. O gol deixou o jogo mais aberto, com as duas equipes buscando a área rival com mais contundência. E assim o Coritiba igualou o marcador.

Aos 38’, já na reta final da partida, Mosquito deixou a área para dar assistência na medida para Thalisson Kelven. O zagueiro entrou sozinho na área, livre de marcação, para empatar o jogo e deixar a decisão do Campeonato Brasileiro Sub-20 ainda mais emocionante. 1 a 1. A segunda partida da final será no próximo dia 20, às 16h30, no Couto Pereira. 

CRUZEIRO 1X1 CORITIBA

Cruzeiro
Vitor Eudes; Lucas Soares, Cacá, Gustavo Rissi e Raphinha; Nonoca, Eduardo, Nickson (João Luís) e Thonny Anderson (Cesinha); Marcelo (Vitinho) e Jonata. Técnico: Emerson Ávila

Coritiba
Arthur; Marcos Moser, Thalisson Kelven, Fernando Dinis, Romércio  e Leo Andrade; Vitor Carvalho, Julio Rusch e Matheus Bueno (Romeu); Mosquito e Gustavo Índio (Pablo). Técnico: Sandro Forner

Gols: Marcelo (6’2ºT) e Thalisson Kelven (38’2ºT)
Cartões amarelos: Thonny Anderson (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Sandro Forner (Coritiba)

Motivo: Jogo de ida da final do Campeonato Brasileiro Sub-20
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte
Data e hora: 12 de outubro (quinta-feira), às 16h30
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG/CBF)
Assistentes: Ricardo Junio de Souza (MG/CBF) e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (MG/CBF)
Público pagante: 5.397
Renda: R$ 26.140,00

Tags: cruzeiro coritibapr interiormg independência