MMA

UFC

Campeão e recordista do UFC, Demetrious Johnson critica pagamentos

Melhor lutador de acordo com ranking, Mighty Mouse condena política salarial

postado em 18/05/2017 08:02 / atualizado em 18/05/2017 09:35

Kyle Terada
Campeão peso mosca desde 2012, imbatível na divisão e considerado o melhor lutador do UFC em atividade, liderando o chamado ranking ‘peso por peso’. Nem assim, Demetrious Johnson se considera valorizado no Ultimate Fighting Championship. O Mighty Mouse, recordista em número de defesas de cinturão, empatado com Anderson Silva, ambos com dez, criticou a política de salários pagos pela organização aos atletas.

Para Demetrious, o UFC peca ao não valorizar os melhores lutadores. Ele citou até o caso de um atleta inexpressivo no octógono, CM Punk, que fez história no WWE e chegou à organização com status de estrela, sem no entanto conseguir destaque no MMA. “Em nenhum outro esporte no mundo o melhor não recebe o maior salário. Quando CM Punk assinou com o UFC, eu disse que ele ganharia mais do que eu ganhei na minha primeira luta. E ele ganhou, acho que recebeu US$ 500 mil. Isso não faz sentido”, reclamou.

“Eu sei que eles precisam olhar para o lado do negócio, que ele vai vender todos os ingressos, mas não consegue lutar! É por isso que eu disse que o UFC deveria tentar assinar com aquela garota ‘Cash Me Ousside’, porque ela provavelmente vai falar m... e superar todo mundo nas vendas de ingressos”, ironizou o campeão, em entrevista ao site da ESPN nos EUA. Ele ainda questionou as altas cifras pagas pela franquia ao irlandês Conor McGregor, grande astro do octógono na atualidade.

“Sei por que o UFC leva os negócios desse jeito. Sei por que o Conor McGregor recebeu uma base de US$ 3 milhões. Mas eu acho que minha habilidade justificaria o pagamento. Amo treinar e sou apaixonado pelo esporte. Mas minha relação com aspecto do negócio, do jeito que eles decidem onde colocar, isso mudou. Acho que estou incomodado como eles estão mais interessados em coisas que não são o talento verdadeiro. Eu sempre apreciei o talento acima de qualquer coisa”, declarou o Mighty Mouse, que vem de vitória sobre o mineiro Wilson Reis, por finalização, em Kansas City, no dia 15 de abril, que lhe garantiu o recorde de defesas de cinturão na organização, ao lado de Anderson Silva.

Tags: campeão peso mosca Mighty Mouse Demetrious Johnson recordista pagamentos salários ufc