SELEÇÃO BRASILEIRA

Sem peças, Tite não esboça time, mas tem conversa reservada com Diego Souza

Com ausência de nove convocados, técnico não montou equipe em treino

postado em 20/03/2017 19:40 / atualizado em 20/03/2017 21:38

Lucas Figueiredo/CBF/Divulgação
Contando apenas com 14 dos 23 atletas convocados, o técnico Tite não chegou a esboçar um time em seu primeiro dia de trabalhos focando a partida da seleção brasileira contra o Uruguai, na próxima quinta-feira, em Montevidéu. No CT Joaquim Grava, do Corinthians, o comandante aproveitou a situação para ter mais contato com os jogadores e conversar pessoalmente com alguns atletas. Entre eles, Diego Souza. O meia rubro-negro foi chamado por Tite para uma conversa reservada enquanto deixava o gramado. O meia do Sport foi convocado como opção para substituir o atacante Gabriel Jesus, machucado, para realizar a função de referência ofensiva na Canarinho.

Tite pôde contar com os goleiros Ederson e Weverton, os laterais Marcelo, Fágner e Filipe Luís, os zagueiros Gil e Miranda, e o volante Casemiro os meias Willian, Renato Augusto e Paulinho, Diego e Diego Souza, além do atacante Dudu, convocado no lugar de Douglas Costa, machucado. No treino de campo reduzido, seis atletas da base do Corinthians ainda foram requisitados para compor o grupo.

 

Além das conversas, a comissão técnica também direcionou o foco para os trabalhos de fortalecimento físico. Mesmo com a temporada apenas iniciando no Brasil, o ritmo de jogos acaba interferindo no rendimento dos atletas. Diego Souza, por exemplo, já atuou em 10 partidas em 52 dias pelo Sport. Enquanto na Europa os jogos estão no meio da temporada.

Tite ainda terá mais um dia para avaliações em São Paulo. Já com os 23 jogadores disponíveis, há a expectativa de que o treinador possa armar a equipe pela primeira vez. Diego Souza disputa posição diretamente com Roberto Firmino, do Liverpool, no ataque. Além do avançado, também devem integrar a equipe Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva, Fernandinho, Giuliano, Philippe Coutinho e Neymar. Todos atuam no exterior.


A delegação embarca na noite desta terça-feira para Montevidéu, onde treina no dia seguinte no palco da partida contra o Uruguai, na quinta, às 20h.