Cruzeiro volta ao Horto, onde ganhou um dos 10 últimos jogos como mandante

Time celeste retorna ao Independência em confronto com o CSA

24/09/2021 08:00 / atualizado em 23/09/2021 21:47
compartilhe
Rafael Sobis marcou oito gols pela Raposa no Independência
foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Rafael Sobis marcou oito gols pela Raposa no Independência


Depois de lidar com problemas no gramado da Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o Cruzeiro definiu o Independência como sua casa na sequência da Série B . Neste domingo (26), às 16h, o time enfrenta o CSA , pela 26ª rodada, em busca de uma vitória para manter as chances de acesso à primeira divisão. Uma semana depois (03/10), às 11h, será a vez de medir forças com o Brasil de Pelotas, pela 28ª rodada. Como forma de prevenção à COVID-19, a prefeitura de Belo Horizonte limitou a presença de torcedores em pouco menos de 7 mil - 30% da capacidade total de 23 mil.

A preferência pelo Independência se deve à economia no custo operacional em comparação ao Mineirão. No Gigante da Pampulha, a Raposa venceu o Confiança por 1 a 0, em 20 de agosto, pela 20ª rodada, para um público presente de 4.730 (4.324 pagantes). A renda de R$234.165,00 não foi suficiente para cobrir as despesas de R$321.229,04, além de R$3.408,86 em impostos, e o prejuízo com bilheteria ficou em R$90.472,90.

Segundo o Cruzeiropedia , a partida de domingo será a 59ª da Raposa no Independência após a reforma. Desde abril de 2012, quando o estádio foi reinaugurado, o time contabilizou 21 vitórias, 14 empates e 23 derrotas, com 78 gols marcados e 72 sofridos. O retrospecto abrange jogos como mandante e visitante (a maior parte diante de Atlético e América). Com oito gols, Rafael Sobis é o atleta celeste que mais balançou a rede na arena.

Levando em consideração apenas os compromissos em casa, o Cruzeiro duelou 27 vezes no “novo” Independência, com 10 triunfos, oito empates e nove derrotas. Nos 10 últimos embates, a equipe só conseguiu superar o Operário, por 2 a 1, pela 36ª rodada da Série B de 2020. Em contrapartida, empatou cinco vezes e perdeu quatro.

Apesar do histórico recente desfavorável, o goleiro Fábio comemorou o retorno do Cruzeiro ao Independência, tanto pela qualidade do gramado quanto pelo apoio das arquibancadas. “Vai ser importante por ter o nosso torcedor ali próximo e um gramado melhor que o da Arena do Jacaré. Com certeza nos favorece com o nosso torcedor nos empurrando e nos incentivando, e dentro de campo a gente fazendo nosso melhor”.

O volante Rômulo também analisou a opção pelo Horto. “As condições do gramado do Independência são infinitamente superiores às da Arena do Jacaré, até porque não teve tempo de ser trabalhado o gramado. Creio que a diretoria e a comissão técnica decidiram mudar para o Independência pelo fator gramado. O momento do Cruzeiro de não perder e conquistar bons resultados, um gramado de qualidade só tende a nos ajudar”.

Nesta edição da Série B, o Cruzeiro atuou duas vezes no Independência no período em que o Mineirão fechou para revitalização do gramado. Em 11 de agosto, empatou por 2 a 2 com o Vitória, pela 17ª rodada. No dia 14, mais uma igualdade no placar: 1 a 1 com o Sampaio Corrêa, pela 18ª rodada. Já na Arena do Jacaré, a equipe ganhou da Ponte Preta, por 1 a 0, pela 23ª rodada (11/9), e empatou por 1 a 1 com o Operário, pela 24ª rodada (16/9).

Para encarar o CSA, o técnico Vanderlei Luxemburgo não terá o zagueiro Eduardo Brock e o centroavante Marcelo Moreno, suspensos, e o meia-atacante Wellington Nem, machucado. Os três foram titulares no empate por 1 a 1 com o Vasco, no último domingo, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro. Com o ponto somado, o Cruzeiro chegou a 31, na 13ª posição, enquanto o CRB, 4º colocado, foi a 44 ao fazer 1 a 0 sobre o Brasil, em Pelotas-RS.

Protocolos


O Cruzeiro reforçou o pedido para que os torcedores sigam os protocolos estabelecidos pela prefeitura de Belo Horizonte no jogo contra o CSA no Independência. Todos devem comprovar resultado negativo para COVID-19, inclusive quem já vacinou com duas doses ou a dose única da Jansen. O exame só será válido se tiver sido realizado até a tarde dessa quinta-feira.

Outro ponto importante é sobre o horário de acesso ao Independência. De acordo com o clube, os portões serão fechados às 15h, uma hora antes do início do jogo. Assim, quem não respeitar o prazo, mesmo com o ingresso em mãos, não entrará no estádio.

Últimos 10 jogos do Cruzeiro como mandante no Independência


Cruzeiro 1x1 Sampaio Corrêa - 18ª rodada da Série B 2021

Cruzeiro 2x2 Vitória - 17ª rodada da Série B 2021

Cruzeiro 0x0 Náutico - 37ª rodada da Série B 2020

Cruzeiro 2x1 Operário - 36ª rodada da Série B 2020

Cruzeiro 0x1 Oeste - 34ª rodada da Série B 2020

Cruzeiro 0x0 Cuiabá - 32ª rodada da Série B 2020

Cruzeiro 1x1 CSA - 29ª rodada da Série B 2020

Cruzeiro 0x1 Coimbra - 9ª rodada do Mineiro 2020

Cruzeiro 1x4 Grêmio - 18ª rodada da Série A 2019

Cruzeiro 1x2 Chapecoense - 6ª rodada da Série A 2019

Compartilhe