Internacional

COPA LIBERTADORES

Internacional bate Palestino e confirma vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores

Colorado conquista triunfo suado em casa e avança no Grupo A

postado em 09/04/2019 23:33 / atualizado em 10/04/2019 14:05

<i>(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)</i>
O Internacional venceu nesta terça-feira o Palestino por 3 a 2 no Estádio Beira-Rio pela quarta rodada do Grupo A da Libertadores. Em uma partida cheia de alternativas, os vermelhos abriram vantagem de dois gols, mas os chilenos igualaram e os mandantes ainda tiver capacidade de fazer mais um tento. Guerrero duas vezes e Patrick, enquanto para os visitantes marcaram Julián Fernández e Passerini.

Com o resultado, o Internacional segue em primeiro com 10 pontos e está garantido nas oitavas de final. E o Palestino segue em segundo com quatro pontos.

Na próxima rodada o Internacional visita o Alianza Lima no dia 24, quarta, às 21h30(de Brasília), no Estádio Nacional de Lima. No mesmo dia o Palestino recebe o River Plate, às 19h15(de Brasília), no San Carlos de Apoquindo.

Pela primeira partida da decisão do Campeonato Gaúcho, o Internacional enfrenta no domingo o Grêmio, às 16h(de Brasília), no Beira-Rio. Na final não tem saldo qualificado.

O jogo

Impulsionados pela torcida, os donos da casa se mandam para cima em busca do primeiro gol. Com 01 minuto, Nico encontrou Edenílson na direita que cruzou para Guerrero que chegou atrasado e perdeu a chance de abrir o placar. Aos 04, Cortés pegou o rebote de fora da área e arriscou. A bola desviou. Lomba para não se complicar, espalmou para fora. Os chilenos procuram especular uma jogada de contra-ataque.

De tanto pressionar, finalmente o Inter abriu o marcador em seus domínios. Aos 10, Nico López cruzou rasteiro da direita para Patrick, que superou González e estufou as redes. Aos 14, Nico avançou com a bola e soltou a bomba. González faz grande defesa e evitou o segundo. A resposta do Palestino veio um minuto depois com Córtes que recebeu de Fernández e chutou. A bola tirou tinta do gol do arqueiro vermelho.

Em mais uma chegada do Inter, aos 21, Nico roubou na esquerda, avançou e tocou para Paolo Guerrero. O peruano entortou Del Pino e deslocou González para fazer o segundo tento. Aos 24, Rodrigo Dourado sentiu dores no joelho esquerdo e foi substituído por Rithely. No prejuízo, os visitantes se soltam na tentativa de diminuir a desvantagem.

Tentando construir um escore maior, os mandantes sufocam o Palestino dentro do Beira-Rio. Aos 34, Guerrero recebeu de D´Alessandro, que driblou até Nico e chutou. A bola tirou tinta do gol de González. Aos 37, Véjar recebeu da esquerda, limpou, chutou e levou perigo a meta de Lomba.

Depois de iniciar com muita intensidade, o Colorado caiu de rendimento. Aos 40, confusão na área do Inter. A defesa bobeou, Lomba saiu mal do gol. Fernández mandou na trave, mas no rebote estufou a rede vermelha. Aos 43, Iago recebeu da esquerda e cruzou fechado. González para não se complicar mandou para escanteio.

Na etapa inicial o Internacional começou a mil e nos primeiros 20 minutos fez dois gols. Mas na sequência caiu de rendimento e o Palestino conseguiu descontar. Os destaques no campo ficam por conta das atuações de Edenílson, Nico López, D´Alessandro e Guerrero.

Mais uma vez se aproveitando de uma bobeira do Inter, os chilenos igualam o placar. Com 01 minuto, Nico inventou um passe de calcanhar e entregou para o adversário. Rosende avançou pela direita. Cuesta tentou afastar e a bola sobrou para Passerini que deixou tudo igual. O Colorado teve um apagão e sentiu o gol.

Com objetivo de retomar o controle da partida, o técnico Odair Hellmann colocou Guilherme Parede no lugar de Patrick. Aos 20, Nico López cruzou na cabeça de Guerrero que deslocou González e colocou o time vermelho na frente. Em dois jogos pelo Inter o peruano já balançou duas vezes. Aos 26, Parede dividiu com Soto, mas a arbitragem mandou o jogo seguir.

Agora a reta final de jogo toma contornos de dramaticidade, aos 35, Guilherme Parede entrou por cima de Soto e atingiu o lateral. Como já tinha amarelo foi mais cedo para o chuveiro. Aos 36, após cobrança de falta de Jiménez, Cuesta não alcançou a bola e Ahumada cabeceou e quase empatou. Os vermelhos se defendem como podem. Enquanto isso os chilenos não desistem, mas o Inter teve força para resistir.

INTERNACIONAL 3 X 2 PALESTINO

InternacionalLomba, Zeca, Moledo, Cuesta e Iago, Dourado (Rithely), Edenílson, Patrick (Guilherme Parede) e D´Alessandro (Pottker), Nico López e Paolo Guerrero
Técnico: Odair Hellmann

Palestino
Ignacio González, Soto, Alejandro González, Del Pino (Enzo Guerrero) e Véjar, Farías, Julián Fernández, Rosende e Luis Jiménez, Cortés (Ahumada) e Passerini
Técnico: Ivo Basay

Local:
Beira-Rio, em Porto Alegre
Data: 09 de abril (terça-feira)
Árbitro: Carlos Orbe (ECU)
Assistentes: Bryon Romero (ECU) e Edwin Bravo (ECU)
Renda: R$1.836.545,00
Público Total: 41.410
Cartão amarelo: Del Pino, Guerrero, Alejandro González, Ahumada (PAL), Patrick, D´Alessandro, Guilherme Parede (INT)
Cartão vermelho: Guilherme Parede (INT)
GOLS: Patrick (Internacional), aos 10min, Paolo Guerrero,  aos 21, Julián Fernández, aos 40 do 1ºT; Passerini, 01min, e Paolo Guerrero, aos 20 do 2ºT

Tags: futinternacional palestino internacional libertadores2019