UAI


Calleri, do São Paulo, lamenta escolha na carreira: 'Maior erro que cometi'

Autor do gol da vitória do São Paulo no clássico de segunda-feira (18) contra o Corinthians, o atacante revelou que se arrepende de escolhas que fez na carreira

19/10/2021 16:34
compartilhe
Autor do gol que deu a vitória ao São Paulo diante do Corinthians, Calleri revela mágoa com decisão que mudou sua carreira
foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Autor do gol que deu a vitória ao São Paulo diante do Corinthians, Calleri revela mágoa com decisão que mudou sua carreira



O atacante Jonathan Calleri, autor do gol da vitória do São Paulo no clássico de segunda-feira (18) contra o Corinthians, revelou nesta terça-feira que se arrepende de algumas escolhas na carreira.

O jogador teve seus direitos comprados por um grupo de investidores em 2016 e foi registrado no Deportivo Maldonado, do Uruguai. Sem nunca atuar no clube uruguaio, Calleri passou por diversos empréstimos desde então.

"Tomei a decisão de acertar com o grupo de empresários, parecia que iriam para um caminho e foram por outro. Passado os anos, foi o maior erro que cometi. Em nenhum lugar me acertei, em nenhum lugar joguei por dois, três anos seguidamente. Há cinco anos não faço pré-temporada com um time. Hoje tenho 28 e quero ficar de vez em um clube. São Paulo me deu a oportunidade de voltar, me deu um ano e meio de contrato e quero render, retribuir.  Me equivoquei em acertar com o grupo de empresários, que me passou para um clube diferente em cada temporada", disse Calleri ao SporTV .



Desde que teve seu nome vinculado ao Deportivo Maldonado, Calleri teve passagens por: São Paulo, West Ham, Las Palmas, Alavés, Espanyol, Osasuna, e agora São Paulo novamente. Seu contrato atual com o Tricolor é por empréstimo e vai até dezembro de 2022.

"A verdade é que não gosto de falar desse tema. Cada um faz seus negócios e naquele momento me parecia o melhor. Hoje penso diferente. O melhor que pude fazer foi voltar ao São Paulo", completou o atacante.

Calleri falou ainda sobre vários temas, se declarando ao Tricolor Paulista e elogiando o técnico Rogério Ceni. O argentino revelou que sentiu um incômodo físico no clássico e afirmou que deve ficar fora "por alguns dias".



Compartilhe