Tênis

TÊNIS

Federer supera Wawrinka e disputa vaga na final com Nadal

Duelo entre suíços foi interrompido pela possibilidade de chuva

postado em 04/06/2019 16:03 / atualizado em 04/06/2019 16:43

<i>(Foto: AFP / Philippe LOPEZ )</i>
Em um duelo que foi interrompido pela possibilidade de chuva, Roger Federer superou Stan Wawrinka e avançou às semis de Roland Garros, com uma vitória por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7-4), 4/6, 7/6 (7-5) e 6/4. Foram três anos longe do torneio francês, mas com um retorno que vem sendo bem sucedido até o momento para Federer.

Para a alegria dos fãs do tênis, a semifinal esperada se confirmou e o suíço encara Rafael Nadal, o primeiro ‘Fedal’ da temporada.

Depois de protagonizar o melhor jogo do torneio até o momento, em uma disputa de cinco sets contra Stefanos Tsitsipas, Wawrinka naturalmente não tinha recuperado 100% seu físico e apostou em encurtar os pontos para diminuir o desgaste. Apesar disso, o tenista cometeu muitos erros não-forçados e cedeu quebras para Federer. Stan até conseguiu devolver, levando o set ao tie-break, mas foi Federer quem levou a melhor.

O segundo set contou com um Wawrinka mais eficiente, conseguindo tirar pontos do adversário e quebrar o saque do compatriota. Sem conseguir dar a resposta, Federer sofreu mais nesta parcial, com dificuldades na devolução e nos golpes do outro lado da quadra.

Embalado, Wawrinka parecia ter tomado gosto pelo jogo e se mostrava levemente superior. Federer seguia com uma certa dificuldade, mas não por muito tempo. O atual número 3 do mundo então conseguiu reverter a situação na hora certa, crescendo nas disputas e levando mais um set para o tie-break, em que mais uma vez foi superior.

Antes da paralisação pela chuva, um grande equilíbrio acontecia no jogo. Mesmo mais ameaçado, Wawrinka segurava os break-points e mantinha vivo seu serviço. No entanto, depois que a partida foi pausada e os tenistas retornaram, o suíço viu Federer aproveitar uma brecha e quebrar seu saque. Com a vantagem, ele não vacilou e não desperdiçou para garantir a vitória.

Tags: tenis maisesportes federer wawrinka