Bottas é punido após ganhar Sprint Race, e Verstappen é o pole

Finlandês mudou componentes do motor; GP da Itália de Fórmula 1 acontece neste domingo

11/09/2021 12:35 / atualizado em 11/09/2021 12:48
compartilhe
Max Verstappen é o líder do Mundial de Pilotos da Fórmula
foto: LARS BARON /AFP

Max Verstappen é o líder do Mundial de Pilotos da Fórmula

A sorte parece do lado de Max Verstappen na Fórmula 1. O líder do Mundial de Pilotos estava atrás dos carros da Mercedes no Sprint Race do GP da Itália, neste sábado, mas superou Lewis Hamilton, que largou mal, e mesmo atrás do vencedor Valtteri Bottas, será o pole position com sua Red Bull neste domingo por causa de punição ao finlandês pela mudança de componentes do motor - terá de largar no fim do pelotão.

Verstappen ainda ampliou sua vantagem na liderança do Mundial de Pilotos para cinco pontos ao somar dois pelo segundo lugar, enquanto Hamilton, em quinto, ficou zerado. O holandês subiu para 226,5 diante de 221,5 do oponente da Mercedes.

É a 11ª pole do piloto da Red Bull, que tentará abrir vantagem sobre a Mercedes num circuito no qual a equipe sediada na Inglaterra era apontada como grande favorita e vinha dominando os treinos até então no fim de semana.

As equipes só podiam usar um tipo de pneu na disputa rápida de 100 quilômetros ou 18 voltas. O italiano Lamnot Marcell Jacobs, campeão olímpico dos 100 metros, foi convidado especial para a prova e simulou a largada antes de os pilotos partirem para a volta de aquecimento dos pneus.
Nas últimas cinco disputas em Monza, Hamilton tinha três poles, nas temporadas de 2016, 17 e 20. Teria de superar o companheiro Bottas na corrida rápida para largar em primeiro neste domingo. Com dobradinha na frente, a ordem da Mercedes era ter cuidado na largada.

Bottas largou muito bem enquanto Hamilton perdeu quatro posições ao partir mal, caindo para sexto. Verstappen subiu para segundo, com as McLarens em sua cola. A primeira volta nem foi completada e Pierre Gasly, então em quinto, bateu forte com sua AlphaTauri, ocasionando bandeira amarela. Seu companheiro, Yuki Tsunoda, ainda tirou Robert Kubica da pista com toque na roda traseira.

A relargada viria com Verstappen prometendo ataque em Bottas e Hamilton precisando se recuperar com dois carros da McLaren na sua frente. O inglês nem conseguiu acompanhar os rivais. E o holandês estava satisfeito em segundo por causa da punição ao finlandês.

Sem brigas pelas primeiras posições, a Sprint Race terminou como na relargada para os primeiros colocados. Bottas garantiu três pontos, apenas de cair para último no grid, com dois para Verstappen e um para Daniel Ricciardo, de volta à primeira fila após muito tempo. Desde 2012 a McLaren não tinha dois carros entre os primeiros num grid. Hamilton terá Norris e Ricciardo entre ele e Verstappen neste domingo e precisará se recuperar se não quiser ficar para trás na defesa do título.

Confira o grid de largada do GP da Itália:

1º) Max Verstappen (HOL/Red Bull)

2º) Daniel Ricciardo (AUS/McLaren)

3º) Lando Norris (GBR/McLaren)

4º) Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

5º) Charles Leclerc (MON/Ferrari)

6º) Carlos Sainz (ESP/Ferrari)

7º) Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo)

8º) Sergio Perez (MEX/Red Bull)

9º) Lance Stroll (CAN/Aston Martin)

10º) Fernando Alonso (ESP/Alpine)

11º) Sebastian Vettel (ALE/Aston Martin)

12°) Esteban Ocon (FRA/Alpine)

13º) Nicholas Latifi (CAN/Williams)

14º) George Russell (GBR/Williams)

15º) Yuki Tsunoda (JAP/AlphaTauri)

16º) Nikita Mazepin (RUS/Haas)

17º) Robert Kubica (POL/Alfa Romeo)

18º) Mick Schumacher (ALE/Haas)

19º) Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri)

20°) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)*

*Punido por causa de troca de componentes do motor

Compartilhe