UAI


Com gol no fim anulado pelo VAR, Colômbia não sai do zero com o Equador

Zagueiro Mina marcou, mas lance foi invalidado após checagem

14/10/2021 23:04
compartilhe
Luis Díaz se desespera após gol de Mina ser invalidado em checagem no VAR
foto: Raul Arboleda/AFP

Luis Díaz se desespera após gol de Mina ser invalidado em checagem no VAR

 
Em duelo direto por uma vaga na próxima Copa do Mundo, Colômbia e Equador ficaram no empate sem gols na noite desta quinta-feira, pela 12ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, no Metropolitano de Barranquilla. Os times fizeram um jogo pegado, com muitas faltas e pouca criatividade. O resultado impediu que uma das equipes encaminhasse sua vaga, assim como fizeram Brasil e Argentina.

Com o empate, o Equador ficou com 17 pontos, enquanto o Equador, por sua vez, foi aos 16. O duelo ainda tinha um 'gosto' de vingança para os colombianos, que perderam o jogo de ida por 6 a 1. No entanto, a igualdade acabou agradando bem mais aos equatorianos.

O futebol ficou em segundo plano nos primeiros 45 minutos da partida. Buscando reencontrar o caminho das vitórias, Equador e Colômbia mostraram muito nervosismo e exageraram nas faltas. A bola ficou mais parada do que rolando e o árbitro teve dificuldade para não perder a mão, devido às discussões dos jogadores.

Com a bola, o Equador foi levemente superior e criou as principais oportunidades de gols. Ospina trabalhou em tentativas de Mena e Valencia, mas a seleção equatoriana não conseguiu pressionar por muito tempo. Já a Colômbia buscou as jogadas de efeito de Quintero. Assim como contra o Brasil, o meia não estava em uma boa noite e pouco fez para tirar o zero do marcador.

No segundo tempo, Estrada foi muito acionado e chegou a perder uma chance incrível em um arremate errado que acabou em uma defesa fácil do Ospina. Do outro lado, Falcão Garcia chamava a responsabilidade. O artilheiro viu Domínguez fazer um milagre para salvar o time visitante.

Aos 28 minutos, o árbitro chegou a marcar pênalti de Cuéllar em Plata, mas o VAR foi acionado e, após revisão, anulou o lance, irritando os jogadores do Equador, que sentiram o baque, caíram de produção e viram a Colômbia tomar conta dos minutos finais. A equipe mandante, então, foi para cima.

Mas a Colômbia seguiu tendo dificuldade para furar o bloqueio rival. Aos 39 minutos, após cobrança de escanteio, Barrios cruzou para Luis Díaz. O meia chutou rasteiro e viu Domínguez salvar mais uma. No fim, os jogadores do Equador começaram a fazer 'cera' e por muito pouco não foram castigados. Mina chegou a marcar para o time mandante, mas o árbitro, em nova ação do VAR, marcou mão do ex-palmeirense e decretou a igualdade.

Na próxima rodada, a Colômbia enfrenta o Brasil, fora de casa. Já o Equador recebe a Venezuela. Os jogos estão previstos para serem realizados no dia 11 de novembro.


Compartilhe