Esporte na TV

ESPORTE NA TV

Após empate do Atlético, Denílson relembra prazo de Cuca: 'Cobrança vem'

Comentarista acredita que o próprio treinador deu brechas para críticas ao prometer melhora do time em dez dias

postado em 22/04/2021 13:29

(Foto: Reprodução/Jogo Aberto)

Em participação no programa Jogo Aberto, da TV Bandeirantes, nesta quinta-feira, o comentarista Denilson analisou o empate do Atlético contra o La Guaira, por 1 a 1, na estreia pelo Grupo H da Copa Libertadores da América. O ex-atacante considerou que o prazo de dez dias estipulado pelo técnico Cuca para deixar o Galo preparado para a competição continental - em declaração após derrota no clássico contra o Cruzeiro -  é passível de críticas e cobranças devido ao resultado e ao desempenho irregular do time no empate na Venezuela. 

“Tem detalhes no futebol que o torcedor leva em consideração. Quando o Cuca fala que pode cobrar em dez dias, é uma situação complicada. O time não está conseguindo dar uma resposta, não está conseguindo vencer, aí vem o maior comandante falar ‘daqui a dez dias vocês podem me cobrar’. Aí estreia na Libertadores jogando dessa forma, até criando. Não acho que o Atlético tenha jogado mal. Teve posse de bola, enfrentou um adversário inferior, mas faltou equilíbrio, pois foram muitos cruzamentos. Faltou criatividade no meio-campo”,  avaliou Denilson, em resposta à apresentadora Renata Fan

O torcedor não quer pensar em desempenho, oportunidades. O torcedor olha o time e vê chuveirinho toda hora. Dez oportunidades, mas o time não marca o gol. O torcedor fica assustado e vai na declaração do treinador de que pode ele pode ser cobrado daqui a dez dias”, complementou. 

Renata Fan questionou Denílson sobre a pichação ‘fora Cuca’ que apareceu em uma placa da Arena MRV logo após o empate do Atlético contra o La Guaira. Para o comentarista, o  próprio treinador deu brechas para esse tipo de cobranças da torcida. 

“Isso é muito em cima da declaração do Cuca. Quando o Cuca fala para cobrá-lo daqui a dez dias, a cobrança vem. O torcedor não esquece. Com todo respeito e admiração que eu tenho pelo Cuca, nessa coletiva, apesar de mostrar confiança e personalidade, ele automaticamente traz uma cobrança desnecessária para ele”, opinou. 


Desempenho na estreia 

 
O Atlético tentou 59 cruzamentos contra o frágil La Guaira, sendo apenas 16 certos (27%). Os recordistas foram Nacho Fernández e Guilherme Arana, dois dos mais participativos em campo. Cada um alçou 16 bolas na área. O meia acertou três, enquanto o lateral quatro.

O empate na abertura da Libertadores estava fora dos planos do Atlético e coloca ainda mais pressão sobre o trabalho de Cuca. O próximo jogo pela competição será na próxima terça-feira, contra o América de Cáli, às 21h30, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Tags: cuca atleticomg interiormg