Copa América

COPA AMÉRICA

Larissa Riquelme vibra com Paraguai no Mineirão e recebe carinho de fãs em primeira aparição na Copa América

Com celular guardado entre os seios, sua marca registrada, ela cantou, gritou e incentivou os jogadores paraguaios em empate por 1 a 1

postado em 20/06/2019 00:39 / atualizado em 20/06/2019 02:56

<i>(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D. A Press)</i>
Torcedora ilustre do Paraguai, a modelo Larissa Riquelme foi atração à parte no Mineirão nesta quarta-feira. O empate por 1 a 1 com a Argentina marcou a primeira aparição da musa nessa edição da Copa América, realizada no Brasil.

Larissa chegou ao Mineirão com o primeiro tempo já em andamento. O ônibus que a levava ao estádio ficou preso em um engarrafamento na Avenida Antônio Carlos, que liga o Centro de Belo Horizonte à Pampulha. “Fiquei muito nervosa, com medo de não chegar. O trânsito estava terrível e fiquei muito preocupada”, contou à reportagem.



Quando chegou à arquibancada do Mineirão, a paraguaia recebeu o carinho de torcedores brasileiros, paraguaios, argentinos e de outras nacionalidades. De forma paciente, ela tirou fotos com fãs no setor C, mas procurou ter alguns momentos de tranquilidade para assistir à sua seleção nacional diante dos argentinos.

Frequentadora de estádios no Paraguai, onde é seguidora do Cerro Porteño, a modelo mostrou ser uma torcedora raiz. A todo instante, ela conversava com a mãe, Limpia, sobre o desempenho do time em campo e vibrava com as jogadas dos compatriotas.

 

Quando o Paraguai abriu o placar com Richard Sánchez, aos 36 minutos, ela se soltou de vez no Mineirão. Com celular guardado entre os seios, sua marca registrada, ela cantou, gritou e incentivou os jogadores. “Estou muito feliz. Passaram-se nove anos, mas estou ficando como aquela (Larissa) de 2010”, disse, referindo-se ao ano em que se tornou mundialmente conhecida durante a Copa de 2010, na África do Sul.



Durante o intervalo, a musa paraguaia não teve sossego. De uma só vez, dezenas de torcedores a procuraram para tirar fotos e selfies. Os fotógrafos profissionais, até então preocupados em seguir os passos de Messi no gramado, voltaram suas lentes para Larissa e despertaram a curiosidade de quem ainda não tinha reconhecido a torcedora ilustre.

<i>(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D. A Press)</i>


Em sua ‘estreia’ na Copa América, Larissa lamentou apenas o gol de Messi no segundo tempo, em cobrança de pênalti. O craque selou o empate por 1 a 1 com o Paraguai.

"Muito contente, muito feliz com o futebol do Paraguai. Foi superior à Argentina, mostrou que tem futebol e fez tremer a Argentina. Lamentavelmente não vencemos, perdemos um pênalti, mas esperamos que contra a Colômbia, em Salvador, possamos sair vitoriosos. Saímos satisfeitos e mostramos que Paraguai não é inferior a ninguém, como disseram os meios de comunicação argentinos", disse ao Superesportes.



Nesta quinta-feira, Larissa seguirá viagem para Salvador, onde assistirá, no domingo, às 16h, o duelo entre Paraguai e Colômbia, no encerramento do Grupo B da Copa América. Mas, segundo ela, os dois dias em Belo Horizonte foram suficientes para se apaixonar pelos mineiros. “Fui muito bem tratada aqui. Recebi muito carinho. Os mineiros são muito gentis. Agradeço a todos pela recepção que tive em BH”.

 

Tags: larissa riquelme paraguai argentina mineirão copaamerica