América

AMÉRICA

Givanildo elogia Operário e define meta do América até pausa da Série B

Coelho estreia na competição fora de casa, nesta sexta-feira, às 19h15

postado em 24/04/2019 18:03 / atualizado em 24/04/2019 19:51

<i>(Foto: Mourão Panda / América)</i>
O América estreará na Série B do Campeonato Brasileiro contra o Operário, nesta sexta-feira, às 19h15, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa-PR. Em entrevista nesta quarta-feira, antes da viagem da delegação ao Paraná, o técnico Givanildo Oliveira elogiou o time adversário e destacou a importância de iniciar a competição com vitória. O treinador, inclusive, estipulou o objetivo de se firmar no G4 nas oito primeiras rodadas, antes da pausa para a disputa da Copa América no Brasil.

 

“Temos uma sequência de oito jogos até a parada. O nosso pensamento é estar entre os quatro primeiros, então vamos buscar começar vencendo, porque é o ideal, para estar entre os quatro nesta primeira etapa do campeonato”, disse Givanildo, que ressaltou a dificuldade de conseguir o acesso à elite nacional.

“Estamos preparados. A Série B, há muito tempo, é forte e difícil de subir. De seis a oito times lutam para não cair e os demais lutam para subir, como é o caso do América. Mas é preciso provar em campo para conseguir subir”, frisou.

Para o treinador, a tarefa de iniciar a Série B com vitória não será fácil para o América: “se o Operário está na Série B, é porque merece”, disse. Segundo ele, é um adversário forte e com muita marcação. “Temos que nos livrar disso, mesmo fora de casa, para somar pontos. Esse é um jogo de importância grande, porque é o primeiro”.


Sem Marcelo Toscano, com dores na coxa esquerda, o América está praticamente confirmado para enfrentar o Operário com Fernando Leal; Leandro Silva, Diego Jussani, Paulão e João Paulo; Juninho, Zé Ricardo, Felipe Azevedo, Matheusinho e Jonatas Belusso; Júnior Viçosa.

Na Série B, o América tentará repetir o feito de 2017, quando conquistou o título da segunda divisão nacional depois de ter caído em 2016. Na edição de 2018, o Coelho foi rebaixado em 18º lugar, com 40 pontos.

A experiência de Givanildo Oliveira será fundamental para as pretensões do América. Em 1997, o pernambucano conduziu o clube ao primeiro título da Série B. Em 2009, sagrou-se campeão da Série C. Já em 2015, conseguiu a promoção à elite nacional na quarta colocação da Segundona.

Tags: interiormg givanildo serieb americamg futnacional