UAI


Morre Dario Alegria, campeão pelo América conhecido como 'Abacate-Atômico'

Atacante também defendeu outros times como Palmeiras e Flamengo e vestiu a camisa da Seleção Brasileira na inauguração do Mineirão

10/10/2021 12:21 / atualizado em 10/10/2021 13:16
compartilhe
Dupla Jair Bala e Dário Alegria que fez sucesso com o América em 1971
foto: Arquivo pessoal

Dupla Jair Bala e Dário Alegria que fez sucesso com o América em 1971

O futebol mineiro perdeu neste sábado (9) o ex-atacante Dario Alegria, que marcou época no América campeão mineiro invicto de 1971. Aos 77anos, Jurandir Dario Gouveia Damasceno dos Santos faleceu por complicações decorrentes de um AVC. O ex-atleta morava em Paracatu, interior de Minas Gerais, com a família. O Coelho usou as redes sociais para lamentar a morte de seu ex-jogador. 
Dario Alegria foi formado nos anos 1960 pelo América. Ele marcou época na década seguinte num time carinhosamente apelidado de "Abacate-Atômico" devido ao uniforme verde e preto. O Coelho, que tinha Alegria no ataque, foi campeão mineiro de 1971, disputado no sistema de pontos corridos. 

O ex-atacante marcou gols decisivos numa parceria de sucesso com Jair Bala, outro atacante (ponta-esquerda na época) lendário do Coelho. Ambos pagaram uma promessa por conta do título estadual conquistado em cima de Atlético e Cruzeiro. 

Outros times e Seleção 

Além do América, Dario Alegria jogou por Palmeiras, Monterrey-MEX, Fluminense, Flamengo, Caldense, Botafogo-SP, CEUB-DF, Villa Nova e Olaria-RJ. Alegria também vestiu a camisa da Seleção Brasileira justamente no Mineirão, em uma das partidas que marcou a inauguração do estádio. Na ocasião, o Brasil foi inteiro composto pelo Palmeiras, então time da Dario. O duelo contra o Uruguai, em 7 de setembro de 1965, terminou 3 a 0 para os brasileiros. 

Dário Alegria vestiu a camisa da Seleção no Mineirão contra o Uruguai
foto: Reprodução / Internet

Dário Alegria vestiu a camisa da Seleção no Mineirão contra o Uruguai


Nascido no dia 5 de março de 1944 em Paracatu, Dario Alegria era morador do bairro Santana. Os principais títulos da carreira são: Rio-São Paulo (1965); Paulista (1966); Robertão (1967); Campeonato Carioca (1969) e Campeonato Mineiro (1971).

Compartilhe