Atlético

ATLÉTICO

Cazares, do Atlético, visita distrito de Salinas e quase 'para' o lugarejo no Norte de Minas

Camisa 10 do Galo visita Nova Matrona, durante pausa para a Copa América

postado em 18/06/2019 13:05 / atualizado em 18/06/2019 13:28

Enquanto outros jogadores optaram por destinos mais movimentados, o meia equatoriano Cazares, do Atlético, preferiu uma lugar bem tranquilo para o descanso durante a pausa para a Copa América: o distrito de Nova Matrona, no município de Salinas, onde nasceu o ex-zagueiro Procópio Cardoso, que jogou no Atlético e no Cruzeiro, entre outros, no Norte de Minas, a 670 quilômetros de Belo Horizonte. O distrito é a terra da família da namorada do atleta, que está grávida.

A visita do ídolo atleticano praticamente parou o local, que tem cerca de quatro mil habitantes. "A presença do Cazares está sendo uma comoção. Mudou completamente a rotina do lugar. Ele é um cara muito simples", elogiou o professor Luiz Carlos Rocha, diretor da Escola Estadual Manoel Pedro Silva, que conta com 360 alunos do ensino fundamental e médio, em Nova Matrona. Ele estava aguardando para esta terça-feira uma visita do jogador à escola. "Os alunos estão muito ansiosos", disse Luiz.

O lugarejo, distante 45 quilômetros da sede de Salinas, é conhecido pelo seu rico solo, cuja cana e 'terroir' (leveduras) produzem uma das melhores aguardentes do país. Também se destaca na produção de tomate. Nova Matrona surgiu em um núcleo de remanescentes de escravos e ainda luta para obter o reconhecimento da Fundação Palmares como comunidade quilombola.

Cazares está hospedado na casa da família da namorada na localidade. Nesta segunda-feira, o equatoriano andou pelas ruas de Nova Matrona e foi até uma mercearia do distrito para fazer compras.

Por várias vezes, foi parado pelos moradores e atendeu aos pedidos para tirar fotos e distribuiu autógrafos. "Para nós, moradores de Nova Matrona, foi surpresa a visita do camisa 10 do Atlético. Ele foi muito receptivo com todos da comunidade. Tirou fotos e deu autógrafos. É muito humilde o Cazares", elogiou o estudante atleticano Victor Eduardo Borges, de 17 anos.

Também torcedor do Atlético, o lavrador Ataildo Miranda, de 49 anos, comemorou não somente uma satisfação pessoal, mas o sonho realizado pelo filho, Athos, de 5 anos, em tirar uma foto com Cazares. "A alegria foi muito grande. Meu filho ficou o tempo todo perguntando que hora iria ver o Cazares. Só consegui (encontrar o jogador) oito horas da noite. Foi muito bom. Ele é muito simples, um cara muito legal", comemorou o lavrador.

Outra moradora do distrito, a comerciária Railine Miranda Santana é torcedora do Cruzeiro. Mas não perdeu a oportunidade de tirar fotos ao lado de um dos principais jogadores do time rival, numa mercearia da localidade. "Torço para o Cruzeiro, mas confesso que sou fã do Cazares. Ele joga demais. É um cara top. Além disso, a presença de um camisa 10 de um time grande em Nova Matrona representa muita coisa. Nem tenho palavras para descrever isso”, declarou Railine.

Tags: cazares nacional seriea atleticomg