MESSI

Lionel Messi relata 'arrependimento por toda a vida' por erros na final da Copa do Mundo

Argentino destacou também estranhamento com as eliminações de Brasil e Espanha

postado em 07/02/2015 10:55

AFP PHOTO / FABRICE COFFRINI

Quase sete meses depois do enfrentamento entre Argentina e Alemanha no Maracanã, em jogo válido pela final da Copa do Mundo – que só foi decidido na prorrogação em favor dos alemães –, Lionel Messi, uma das maiores referências da seleção portenha atualmente, resolveu dar declarações ao site da Fifa sobre a campanha ao longo do Mundial. O craque do Barcelona lamentou de forma recorrente as chances desperdiçadas contra os alemães, assim como admite certo estranhamento com as eliminações de Brasil e Espanha.

Se fora das quatro linhas os argentinos chamaram a atenção por comparecerem em peso às diferentes sedes frequentadas pela seleção durante a primeira fase (São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre), incentivando a equipe com cânticos irreverentes, os portenhos não fizeram por menos dentro de campo. Depois de se classificarem em um grupo no qual eram favoritos, desbancaram seleções como Bélgica e Holanda para chegarem à decisão ante a Alemanha.

“É certo que havia expectativa por termos chegado muito bem à final do Mundial, mas foi uma lástima. Quem teve as ocasiões mais claras foram nós, vamos nos arrepender por toda a vida de não termos conseguido marcar os gols”, relatou Messi, relembrando uma oportunidade perdida por Higuain cara a cara com Neuer entre outras, que acabaram levando o jogo para a prorrogação e oferecendo-o aos alemães.

Perguntado sobre a classificação à final, que foi decidida nos pênaltis contra a Holanda, em São Paulo, Messi classificou como “espetacular” a sensação de chegar à decisão de um Mundial e cantarolar, na companhia da torcida, a canção de provocação aos brasileiros, cujo verso introdutório era “Brasil, diga-me como se sente de ter em casa o seu pai”. “Jogamos contra uma seleção holandesa que tinha jogadores muito bons. Passar nos pênaltis foi uma alegria incrível. Não sei se poder estar naquela final foi o momento mais feliz da minha carreira, mas com certeza foi algo espetacular”, comentou.

Com a mesma agilidade apresentada em campo, Messi conseguiu se esquivar da pergunta sobre a eliminação do Brasil. Caracterizando o resultado como “surpresa”, o atleta garantiu que os argentinos não tinham preferência sobre quem enfrentar na final. “Para nós, dava na mesma quem passasse nesta semifinal. Igual o confronto entre Holanda e Espanha, foi uma surpresa para todos a maneira como aconteceu o jogo. Esperávamos uma partida mais disputada, que ia exigir muito das duas seleções. Não esperávamos, também, que com 20 ou 25 minutos a Alemanha já estivesse ganhando por 4 a 0”, declarou.

Tags: messi espanholfut copa2014 mundial