COPA DO MUNDO

Beckenbauer sobre 7 a 1 na Copa do Mundo: "Parecia que a Alemanha enfrentava crianças"

"Mesmo como alemão, foi difícil assistir ao que estava ocorrendo", disse o Kaiser

postado em 12/08/2014 10:17 / atualizado em 12/08/2014 10:22

REUTERS/Mike Segar/Files
Responsável por conduzir a Alemanha a dois títulos mundiais – em 1974 como capitão e em 1990 como jogador -, o ex-zagueiro Franz Beckenbauer ficou abismado com o desempenho da Seleção Brasileira na histórica goleada sofrida para a Alemanha, há pouco mais de um mês, no Mineirão, pela semifinal da Copa do Mundo.

"Foi um dia muito trágico. Aquilo jamais voltará a acontecer numa semifinal de Copa do Mundo. Parecia que a Alemanha estava jogando contra uma equipe de crianças. Mesmo como alemão, foi difícil assistir ao que estava ocorrendo", disse o Kaiser em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Na opinião do ídolo alemão, as principais falhas que conduziram o Brasil à pior derrota de sua história foram cometidas pelos jogadores de defesa.

"O que é certo é que a defesa brasileira falhou muito. David Luiz, Dante e Marcelo não se encontravam, eles são grandes jogadores em seus clubes. Em alguns dos gols, via-se sete ou oito brasileiros dentro da área ou defendendo, contra três alemães e, mesmo assim, esses jogadores alemães apareciam totalmente livres na área", afirmou.

Beckenbauer também não deixou de criticar, ainda que veladamente, o trabalho do técnico Luiz Felipe Scolari. "A realidade é que o Brasil não formou uma equipe de fato. O que o Brasil tinha em campo eram alguns astros isolados e, num Mundial, isso não e suficiente. Dependiam de Neymar e Thiago Silva e, quando esses jogadores saíram, os que estavam em campo não sabiam para quem tocar".

Na opinião do Kaiser, o Mundial disputado no Brasil provou a força do conjunto em detrimento do talento individual. "A lição não é apenas para o Brasil. Seleções que foram ao Mundial apenas com astros e sem uma equipe não resistiram. Essa foi a Copa do coletivo. O que a Costa Rica fez foi justamente agir como um coletivo e surpreendeu até a Itália".

Tags: beckenbauer alemanha futinternacional Copa do Mundo Seleção Brasileira