SELEÇÃO BRASILEIRA

Noite de chance para os novatos

Com Tardelli mantido no time, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart devem ser aproveitados hoje no segundo tempo contra o Equador

postado em 09/09/2014 08:49

Rafael Ribeiro/CBF

Jaeci Carvalho
Enviado especial Nova Jersey


Um treinamento leve no campo do Red Bull, antigo Giant Stadium, e a definição de Danilo na vaga de Maicon, cortado por indisciplina, e de Marquinhos no lugar de David Luiz, contundido. São essas as novidades para o jogo desta terça-feira da Seleção Brasileira contra o Equador, às 22h (horário de Brasília). Ainda sob o impacto do desligamento do lateral-direito Maicon, os jogadores estavam retraídos, se comunicando em voz baixa. O rumor – a CBF e a comissão técnica se recusaram a revelar o problema – é de que o atleta se atrasou 11 horas na reapresentação. A base da formação que foi bem e venceu a Colômbia por 1 a 0 na sexta-feira será mantida.

Ainda que escale Oscar na armação, o cruzeirense Éverton Ribeiro deve ser opção para os 45 minutos finais. Assim como o atacante Ricardo Goulart, em sua primeira chance. Era visível o entusiasmo do atleticano Diego Tardelli, aprovado pela movimentação e entrega como falso 9. “Estou motivado, me saí bem, e quero aproveitar todas as chances. A concorrência é grande, mas chegou a minha vez”. Como Dunga abriu mão de um centroavante fixo, Tardelli encaixa no conceito moderno, atuando por todas as partes do campo e voltando para ajudar na marcação.

Uma das possibilidades táticas é colocar Éverton Ribeiro e Philippe Coutinho juntos, dando mais qualidade ao time. . O time ganharia mais qualidade. Para isso, porém, precisará fechar o meio e aí a entrada de Elias seria fundamental, para compor com Luiz Gustavo, que foi mal contra os colombianos.

Uma vitória esta noite dará a tranquilidade que o técnico precisa para continuar fazendo suas experiências, até que uma nova convocação aconteça, no fim deste mês, para os amistosos contra Argentina, em Pequim, no Ninho do Pássaro, e Japão, em Cingapura, ambos no começo de outubro. Em novembro haverá dois amistosos, contra a Turquia, em Istambul, e, provavelmente, a Suíça, na Basileia.

BRASIL X EQUADOR
BRASIL:
Jéfferson; Danilo, Marquinhos (Gil), Miranda e Felipe Luís; Luiz Gustavo, Ramires, Willian e Oscar; Neymar e Diego Tardelli
Técnico: Dunga
EQUADOR: Dominguez; Paredes, Luis Cangá, Erazo e Wálter Ayoví; Castillo, Cristhian Noboa, Fidel Martínez e Renato Ibarra; Juan Cazares e Énner Valencia
Técnico: Sixto Vizuete
Estádio: MetLife Stadium, Nova Jersey
Horário: 22h
Árbitro: Edvin Surisevic (EUA)

Tags: selefut Seleção Brasileira de Futebol Equador Nova Jersey