AMISTOSO

Neymar brilha, e Brasil goleia o Japão por 4 a 0

Atacante do Barça foi o grande destaque ao marcar os quatro gols da partida

postado em 14/10/2014 09:46 / atualizado em 14/10/2014 11:23

AFP PHOTO/ ROSLAN RAHMAN
Ao enfrentar o Japão no péssimo gramado do Stadium of Singapore, a Seleção Brasileira dominou do início ao fim para conquistar vitória tranquila pelos pés de seu camisa 10. Neymar aproveitou os vacilos da defesa adversária para marcar nada menos que quatro vezes e definir a goleada. Lá atrás, ainda que desentrosada, a defesa formada por Gil e Miranda se segurou. Assim, o time comandado por Dunga segue defensivamente perfeito, sem tomar um gol sequer após a Copa do Mundo.

Esta é a quarta vitória seguida da Seleção Brasileira. Desde a vexatória Copa do Mundo, o escrete canarinho evoluiu sob comando de Dunga e venceu todos os amistosos que disputou, e sem tomar gols. Na sequência, a Seleção Brasileira encara compromissos contra Turquia e Áustria, respectivamente, nos próximos dia 11 e 17.

O Japão, por sua vez, volta a ser derrotado após fraca campanha no Mundial. É o terceiro tropeço dos Samurais após a eliminação ainda na primeira fase da principal competição do mundo. A equipe tenta se recuperar em amistoso contra Honduras, no próximo dia 13.



O jogo – Jogando tanto contra o Japão quanto contra o gramado, a Seleção Brasileira encontrou dificuldades para tomar a iniciativa. Mas quando assustou, foi para valer: Kawashima congelou em cobrança de falta de Neymar na trave. A defesa oriental mal se recuperou do susto e o camisa 10 apareceu de novo aos 17. Em velocidade após passe de Diego Tardelli, o craque driblou o goleiro japonês para tocar ao gol vazio.

A vantagem deu maior tranquilidade ao time canarinho, que passou a trabalhar mais no ataque. A areia dificultou a troca de bola, mas ainda assim os comandados de Dunga seguiram melhor. Protagonista, Neymar avançou pela esquerda e por pouco não ampliou em chute cruzado. O Japão só respondeu aos 22, quando Gil errou a bola dentro da área e Tanaka mandou sem-pulo perigoso.

Daí em diante, a equipe verde e amarela tomou as rédeas do amistoso e cozinhou o adversário, mas sem criar chances. O Japão chegou ao ápice em cabeceio de Okazaki, que se antecipou à marcação de Gil, e em dois belos dribles de Sakai sobre Luiz Gustavo. No mais, apesar da desentrosada dupla de zaga brasileira, os Samurais não conseguiram aproveitar para chegar ao empate.

O primeiro lance após o intervalo ampliou a vantagem canarinho. Ao avançar pelo meio logo após substituir Oscar, Philippe Coutinho deu passe primoroso para Neymar ficar de frente para o goleiro e balançar a rede. O camisa 10 ainda teria nova chance ao receber de Everton Ribeiro completamente livre, mas bateu para fora. Nesse meio tempo, Miranda obrigou Kawashima a fazer linda defesa e Okazaki respondeu acertando a trave.

A formação com Everton Ribeiro e Coutinho deu extrema velocidade à Seleção, que agilizou a transição. O meia do Liverpool quase fez o terceiro ao bater colocado e tirou tinta da trave aos 16. Mas só quem tinha permissão de marcar era Neymar. Após cabeceio de Kaká na trave, a zaga japonesa afastou para o meio da área e o craque castigou novamente para fazer 3 a 0.

Se os três gols do atacante já eram suficientes para coroar grande atuação, a obra prima seguinte transformou o triunfo em goleada. Em jogada belíssima em contra-ataque, a Seleção encontrou a defesa adversária novamente desorganizada e Kaká deu assistência pelo alto para Neymar testar e completar o placar elástico. Daí até o final, Jefferson só apareceu para fazer sua única defesa na partida.

Tags: amistoso cingapura neymar japão Seleção Brasileira