AMISTOSO

Impiedoso e "sem limites", Neymar nega heroísmo e celebra triunfo coletivo do Brasil

Atacante do Barcelona marcou quatro gols na vitória da Seleção Brasileira

postado em 14/10/2014 10:11 / atualizado em 14/10/2014 10:21

AFP PHOTO/ ROSLAN RAHMAN
A goleada por 4 a 0 sobre o Japão eleva Neymar a um novo posto com a Seleção Brasileira. O camisa 10 fez o que quis com a bagunçada defesa adversária e foi às redes quatro vezes para definir o placar. Indiscutivelmente o melhor em campo, o craque se diz emocionado ao alcançar o top 5de artilheiros do escrete canarinho com 40 gols.

“Até fico arrepiado, é uma emoção muito grande, uma felicidade imensa de estar realizando mais esse sonho. Nem nos melhores sonhos com a camisa da Seleção eu imaginaria uma coisa dessas. Mas vem acontecendo, então fico feliz e agradeço a Deus”, celebra o decisivo atacante, que diz não saber até onde é capaz de chegar.

“Não sei qual é meu limite, só quero ajudar meus companheiros e a Seleção Brasileira, que é o mais importante”, discursa, deixando de lado o fato de ter ainda 22 anos e muitas temporadas pela frente para alcançar Zico (48 gols), Romário (55), Ronaldo (62) e Pelé (77), os maiores goleadores do time nacional.

"Penso em ajudar minha equipe, não importa se sou que faço os gols ou meus companheiros. O mais importante para a Seleção hoje é vencer. Depois de fazer o primeiro, o segundo, é claro que quero mais, mas em prol da equipe”, completa.

Monopolizando o balançar das redes japonesas nesta terça-feira, Neymar garante à Seleção Brasileira mais uma vitória sob comando de Dunga. Desde a campanha vexatória na Copa do Mundo, o time canarinho tem se estruturado para esquecer a Alemanha e recomeçar a caminhada para um novo título. O início de trabalho do técnico é perfeito: quatro triunfos e nenhum gol sofrido. Os próximos compromissos são contra Turquia e Áustria, entre os dias 11 e 17 de novembro.