TORNEIO INTERNACIONAL NO MANÉ

Finalistas ao prêmio de melhor do ano se enfrentam em competição

Brasileira Marta e Wambach, dos Estados Unidos, vão brigar pelo título, em Brasília

postado em 08/12/2014 12:50

Maíra Nunes - Especial para o Correio

Das três candidatas ao prêmio de melhor jogadora do mundo deste ano, duas desembarcam em Brasília nesta semana para disputar o Torneio Internacional de Futebol Feminino, que começa na quarta-feira. Se Marta, uma das finalistas do prêmio pela 11ª vez, encontrou certa facilidade para conduzir a Seleção Brasileira ao lugar mais alto do pódio em quatro das cinco edições já realizadas, agora, a tarefa certamente não será tão simples. A atacante Abby Wambach, a mesma atleta que disputa a consagração de melhor do ano com a brasileira, colocará à prova força e habilidade de ambas no gramado do Mané Garrincha.
AFP PHOTO / OLIVIER MORIN

Brasil e Estados Unidos são os grandes candidatos ao título de um quadrangular que também conta com Argentina e China. Não por acaso, as principais estrelas das duas equipes fazem um duelo particular. Enquanto a camisa 10 do Brasil acumula cinco títulos de melhor do mundo, a cabeceadora com mais gols na história da seleção norte-americana esteve por quatro vezes entre as três finalistas ao prêmio, saindo vencedora, inclusive sobre a brasileira, em 2012.

No Mané Garrincha, as duas atacantes, quando entrarem em campo, decidem ainda um empate no quesito confronto direto com a camisa das respectivas seleções. Nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004, Abby Wambach levou a melhor sobre Marta, quando os Estados Unidos ganharam o ouro olímpico após bater o Brasil por 2 x 1 na final. Em compensação, três anos mais tarde, em 2007, era a vez de a brasileira dar o troco, desta vez em uma semifinal de Copa do Mundo, realizada na China. Na ocasião, Marta marcou um dos gols da vitória que classificou a Seleção à final. Depois, porém, o Brasil perdeu para a Alemanha, ficando apenas com o vice-campeonato.