Sul-Americano Sub-20

Após empate e polêmica, Brasil enfrenta o Paraguai no Sul-Americano

Duelo no Parque Central, em Montevidéu, abre nesta quinta a segunda rodada do hexagonal final

postado em 28/01/2015 20:25

Gazeta Press

O Brasil estreou com empate sem gols diante do Uruguai no Hexagonal Final do Campeonato Sul-Americano sub-20. O resultado acabou ficando em segundo plano após a denúncia de racismo que o atacante Marcos Guilherme sofreu do uruguaio Facundo Castro. Agora, os brasileiros abrem a segunda rodada, contra o Paraguai, às 17h50 desta quinta-feira, no Parque Central, em Montevidéu.

A CBF preferiu não denunciar de forma oficial o uruguaio após consultar seu departamento jurídico. Dentro de campo, os brasileiros tiveram boa atuação e pararam nas boas defesas do goleiro uruguaio Guruceaga. Para a partida contra os paraguaios, que também empataram na primeira rodada, a necessidade da vitória aumenta para não ficar distante da vaga para as Olimpíadas, garantida aos dois primeiros colocados da competição.

O zagueiro Marlon elogiou a atuação da equipe na rodada inaugural do hexagonal final. Ele espera que a Seleção possa manter o bom rendimento contra o Paraguai.

“Temos que valorizar a entrega do grupo contra o Uruguai. A mudança de postura foi mostrada em campo. Tanto que fomos superiores ao Uruguai. Pena que não saímos com a vitória. Agora é focar na partida contra o Paraguai”, declarou.

Para esta partida, o técnico Alexandre Gallo terá dois desfalques. O volante Wallace e o atacante Kenedy estão suspensos. O primeiro foi expulso, enquanto que o segundo recebeu o segundo cartão amarelo contra os uruguaios. O treinador não divulgou seus substitutos. Nos treinamentos, o comandante despistou e não fez qualquer trabalho com os titulares.

No restante da rodada, a Argentina tenta disparar na liderança ao enfrentar a Colômbia. Já o Uruguai, no fechamento, conta com o apoio da torcida em duelo contra o Peru.