COLUNA JOGO RÁPIDO

A despedida de Klauss no Cruzeiro

Dirigente não seguirá no clube em 2018; Marcelo Djian será o substituto

postado em 27/11/2017 15:14 / atualizado em 27/11/2017 16:56

Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Klauss Câmara se despedirá do Cruzeiro nesta terça-feira. Seu último compromisso como diretor de futebol do clube foi nesse domingo, no jogo contra o Vasco, no Mineirão. Na ocasião, ele participou da troca de faixas dos profissionais, campeões da Copa do Brasil, e o elenco Sub-20, vencedor do Campeonato Brasileiro e da Supercopa da categoria.

Palavras de adeus

A tendência é que Klauss conceda uma entrevista coletiva na tarde desta terça-feira para dar suas últimas palavras antes do adeus ao Cruzeiro. O dirigente não seguirá no cargo por decisão do presidente eleito, Wagner Pires de Sá, que nomeará em janeiro, quando assume o cargo máximo do clube, o ex-zagueiro Marcelo Djian para a função.

Contribuição na reta final

Em função da crise política que vive o Cruzeiro, dias após a vitória de Pires de Sá nas urnas, em 2 de outubro, já existia a informação de que Klauss não permaneceria no clube em 2018. O novo presidente, porém, só informou ao atual dirigente sua decisão em 1º de novembro. Desde então, ele participa da transição e tem acompanhado Marcelo Djian. O ex-zagueiro iniciará no Cruzeiro a carreira como diretor de futebol.

Futuro

Antes de definir em qual clube seguirá a carreira, Klauss Câmara descansará com a família em longa viagem. Ele embarcará com a esposa e os dois filhos sem previsão de retorno a Belo Horizonte. Quando retornar, ele pensará sobre o futuro. O dirigente, que já trabalhou em Fluminense, Atlético-PR e Figueirense, recebeu alguns contatos, mas ainda não se decidiu.

Tags: Klauss Câmara interiormg cruzeiro cruzeiroec