Copa do Mundo

COPA DO MUNDO

Arrascaeta é esperança para que futebol mineiro não fique fora da Copa pela terceira vez em 52 anos

Arrascaeta pode ser o quinto estrangeiro convocado para a Copa do Mundo enquanto jogava em Minas Gerais

postado em 14/05/2018 14:56 / atualizado em 14/05/2018 15:04

AFP / JOE KLAMAR
Desde 1966, quando Tostão foi convocado para a Copa do Mundo da Inglaterra, o futebol mineiro ficou sem representantes em apenas duas edições do Mundial: na Itália’1990 e Alemanha’2006. Sem jogadores na lista dos 23 jogadores convocados por Tite, nesta segunda-feira – Dedé foi incluído, mas na lista de suplentes –, a expectativa para que um clube do estado tenha representante na Rússia é o armador Arrascaeta, do Cruzeiro, que deve ser confirmado entre os 23 nomes da Seleção Uruguaia.

Arrascaeta pode ser o quinto estrangeiro convocado para a Copa do Mundo enquanto jogava em Minas Gerais, repetindo feito do compatriota Mazurkiewicz, chamado para a Alemanha’1974 quando era goleiro do Atlético. Outro gringo alvinegro chamado foi o paraguaio Cáceres, na África do Sul’2010. O Cruzeiro teve Perfumo e Sorin, que defenderam a Argentina em 1974 e 2002, respectivamente.

O primeiro jogador de clube mineiro convocado para Copa do Mundo foi Tostão, aos 19 anos, para a Copa da Inglaterra. No Mundial seguinte, ele foi titular da Seleção tricampeã no México ao lado de dois companheiros de equipe: o volante improvisado de zagueiro Piazza e o defensor Fontana, reserva, assim como o atleticano Dadá. Piazza ainda iria à Copa da Alemanha’1974 com o companheiro de equipe, o lateral-direito Nelinho.

Os outros cruzeirenses que jogaram Copas do Mundo foram Ronaldo, convocado aos 18 anos para a Copa’1994; Dida, reserva do atleticano Taffarel, em 1998; Edílson e Gilberto, em 2002 e 2010, respectivamente.


ALVINEGROS Já o Atlético teve o maior número de atletas entre 1978 e 1986. Na Argentina, Reinaldo jogou ao lado de Cerezo, que em 1982 teve a companhia de Luizinho e Éder. No México’1986, Edivaldo foi chamado de última hora e fez companhia a Elzo. Gilberto Silva foi convocado para 2002. Na última Copa, Luiz Felipe Scolari contou com o goleiro Victor e o atacante Jô. Revelado pelo clube, Bernard já havia sido negociado ao futebol ucraniano.

ALVINEGROS EM MUNDIAIS

Dario        1970
Mazurkiewicz (Uruguai) 1974
Toninho Cerezo    1978 e 1982
Reinaldo    1978
Luizinho    1982
Éder    1982
Edivaldo    1986
Elzo    1986
Taffarel    1998
Gilberto Silva    2002
Cáceres (Paraguai) 2010
Victor    2014
Jô 2014

CRUZEIRENSES NO MUNDIAL

Tostão 1966 e 1970
Piazza 1970 e 1974
Fontana 1970
Nelinho 1974 e 1978
Perfumo (Argentina) 1974
Ronaldo 1994
Dida 1998
Edilson 2002
Sorín (Argentina) 2002
Gilberto 2010

Tags: copadomundo selefut cruzeiroec