Esporte na TV

ESPORTE NA TV

Depois de fechar acordo pela Libertadores, SBT quer transmitir a Fórmula 1

Vice-presidente do SBT, José Roberto Maciel, será o responsável por comandar as negociações

postado em 11/09/2020 14:41 / atualizado em 11/09/2020 14:50

(Foto: AFP)
O SBT entrou de vez na briga por direitos de transmissões esportivas. Depois de chegar a um acordo com a Conmebol para transmitir a Copa Libertadores a partir da próxima semana, a emissora de Silvio Santos pretende abrir conversas com o grupo Liberty Media para exibir a Fórmula 1 no Brasil a partir de 2021. 


O vice-presidente do SBT, José Roberto Maciel, será o responsável por comandar as negociações com o grupo Liberty Media acerca da Fórmula 1.

O SBT já acertou a contratação do narrador Téo José, com experiência tanto em transmissões de futebol como de automobilismo. 

O consórcio Rio Motorsports é outro interessado em adquirir os direitos da Fórmula 1. A empresa ganhou a licitação para construir o novo autódromo do Rio. O mesmo grupo já adquiriu a exibição da MotoGP em março deste ano e colocou as provas na grade do canal Fox Sports.

A Globo e o grupo Liberty Media, dono da Fórmula 1, não chegaram a um acordo sobre a renovação do contrato, válido até este ano. Por isso, a última etapa com presença na grade do canal será o GP de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, dia 13 de dezembro.

"Como parte da revisão de seu portfólio de direitos, um dos maiores entre emissoras de TV do mundo, a Globo optou por não renovar os direitos de transmissão da Fórmula 1 a partir de 2021 Mesmo sem a transmissão das corridas, a Globo continuará a fazer a cobertura da categoria em suas diversas plataformas", informou a emissora.

A Fórmula 1 fazia parte da grade de programação da Globo desde a década de 1970. A emissora acompanhou e transmitiu ao vivo títulos e vitórias de Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna. Nos últimos anos, a Rede Globo abriu mão de transmitir os treinos classificatórios de sábado e optou por colocá-los no canal fechado SporTV. As corridas, no entanto, foram mantidas pela emissora na TV aberta.

Tags: velocidade f1 fórmula 1 globo sbt silvio santos maisesportes mercadobola libertadores2020 liberty media