Esportes

Futebol

Após estreia de Giuliano, Corinthians mira volta de Renato Augusto

Meia já está regularizado na CBF, mas condição física do atleta ainda preocupa comissão técnica alvinegra

postado em 13/08/2021 14:47

 
(Foto: Pexels)
 
Com uma campanha irregular no Campeonato Brasileiro e um elenco considerado apenas mediano para os padrões do clube, o Corinthians foi ao mercado de transferências para evitar um possível rebaixamento para a Série B. Ainda que as dificuldades financeiras sejam enormes, a diretoria alvinegra não tem poupado esforços para qualificar o elenco. 

Prova disso é que uma das contratações mais aguardadas das últimas semanas enfim estreou neste domingo (8), no clássico contra o Santos, em um jogo que frustrou quem apostava em gols e bom futebol na Vila Belmiro. Aliás, leia mais para saber como garantir os melhores bônus em cada uma das suas apostas. Com times sendo reformulados, o Timão e o Peixe fizeram um jogo apático, que no fim acabou em 0 a 0 e frustrou aqueles que desejavam ver a bola na rede. 

Ainda que o resultado não tenha sido dos melhores, a partida serviu para que a torcida do Timão pudesse ver Giuliano em campo pela primeira vez. O atleta, que assinou recentemente com o clube após anos atuando no futebol europeu, é uma das esperanças do técnico Sylvinho para dar mais qualidade ao meio-campo atual, como forma de melhor abastecer os atacantes.

Giuliano iniciou a partida como titular, na vaga de Cantillo, fora do clássico por lesão. Atuando avançado e pelo lado direito, Giuliano esteve próximo de Gustavo Mosquito, principal jogador do setor ofensivo do Corinthians na temporada. Os dois trocaram passes e Giuliano deixou o jogador na cara do gol, mas ele acabou parando em boa defesa de João Paulo.

A estreia de Giuliano foi considerada satisfatória pela comissão técnica. Foram 27 passes no primeiro tempo, com 23 acertos. Na segunda etapa, teve uma queda de ritmo e deu mais 19, acertando 17. Terminou com 86% de acerto nos 46 passes que distribuiu em campo. A análise mostra ainda três faltas sofridas e dois desarmes ao longo do confronto na Vila Belmiro. 

Giuliano não atuava desde abril, mas, mesmo assim, ficou em campo por 98 minutos e só foi substituído nos acréscimos da segunda etapa. "Estou me sentindo muito feliz, é a realização de um sonho. É um jogo muito complicado, muito difícil, um grande clássico, mas as melhores oportunidades do primeiro tempo foram nossas", disse o jogador ainda no intervalo do confronto contra o Peixe. 

Ao fim da partida, o técnico Sylvinho, do Corinthians, elogiou a partida do atleta. "Giuliano é um atleta que está numa construção de duas semanas conosco, três meses de inatividade, mas de um atleta de lastro, pronto, de um grande nível. Não tínhamos ideia de quanto esse atleta poderia render. O jogo tem várias características e ninguém pode cravar um número. Estávamos atentos, a partir do meio tempo, 60 minutos, 80, ele foi se sentindo bem. Com sete minutos de acréscimos, agradecemos o atleta em uma troca com Vitinho. Ele rendeu bem, boa performance", disse Sylvinho em entrevista coletiva.

Giuliano deve ser mantido na equipe titular para o duelo contra o Ceará, no dia 15 de agosto, na Neo Química Arena. A expectativa é que ele tenha ao seu lado, no meio-campo corintiano, o também recém-chegado Renato Augusto, ídolo da fiel, que está de volta ao clube após algumas temporadas atuando no futebol chinês. Ainda que a ansiedade seja grande, Sylvinho mantém a calma e pede paciência.

"O Renato é um atleta que está em uma construção, está se preparando, a casa conhece muito bem, os profissionais, a pessoa, parte clínica, física, técnica. Sabemos que pode atuar em duas, três funções com muita qualidade e todos acabam concorrendo. Vamos esperar a semana se construir, com tranquilidade, com trabalho. A partir daí, vamos tomar as decisões para saber quando será o melhor momento para ele estrear", comentou o técnico após o duelo contra o Santos.

Com o empate, o Corinthians estacionou na 12ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 18 pontos. O Santos é o 8ª, com 20 pontos.