América

CAMPEONATO MINEIRO

América domina Tombense, vence no Independência e assume a liderança do Mineiro

Coelho ganhou no Horto e chegou à primeira colocação, com 17 pontos

postado em 29/02/2020 17:55 / atualizado em 29/02/2020 20:45

(Foto: Juarez Rodrigues/EM/D. A Press)
No confronto que valia a liderança do Campeonato Mineiro, o América dominou o Tombense e venceu por 2 a 1, neste sábado, no Independência, pela sétima rodada. Ademir e Rodolfo fizeram os gols do Coelho, enquanto Cássio Ortega marcou para a equipe visitante.

Durante os 90 minutos, o time comandado pelo técnico Lisca se mostrou amplamente superior ao adversário, podendo ter feito três ou quatro gols. Felipe Garcia, goleiro do Tombense, destacou-se com defesas difíceis tanto no primeiro tempo quanto no segundo.

Com o resultado no Horto, o Coelho se mantém invicto e chega à liderança isolada do estadual, com 17 pontos - cinco vitórias e dois empates. O próximo compromisso na competição será novamente no Independência, diante do Boa, às 16h de domingo, dia 8 de março.

Antes, o América tem o desafio de manter o bom futebol em outro torneio, a Copa do Brasil, na qual pegará o Operário Ferroviário, em duelo único da segunda fase. O jogo acontecerá às 20h de quinta-feira (5/3), no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, no interior do Paraná.

Já o Tombense seca os concorrentes para se manter na segunda posição do Mineiro, com 14 pontos. A Caldense, terceira colocada, com 13, receberá o Patrocinense em Poços de Caldas, às 10h30 deste domingo. O Atlético (4º, com 11) pegará o Boa, em Varginha, às 19h. O Cruzeiro (5º, com 11) enfrentará o Uberlândia, às 16h, no Mineirão.

O jogo


O América se mostrou muito superior ao Tombense no primeiro tempo. Logo aos 4 minutos, Alê percebeu a corrida de Ademir da ponta direita para o meio e lançou a bola em direção à meia-lua. O camisa 10 conseguiu ajeitar a bola e tocou rasteiro na saída do goleiro Felipe Garcia: 1 a 0.

Não é exagero afirmar que o Coelho dava indícios de alcançar uma goleada. A marcação sob pressão funcionou muito bem. Por várias vezes, o Tombense era forçado a dar chutão. Quando tentavam trocar passes, os defensores tinham Felipe Augusto, Ademir e Rodolfo em seus encalços.

Se o Tombense se complicava, o América encontrava espaços para trabalhar a bola e criar mais chances. Aos 18’, Rodolfo escorou para Alê, que, à queima-roupa, parou em grande defesa de Felipe Garcia. O goleiro do Tombense trabalhou brilhantemente em mais duas ocasiões, ambas em finalizações de Rodolfo.

Quando Felipe Garcia não conseguia salvar o Tombense, o América pecava pela falta de pontaria. Várias foram as tentativas bloqueadas pelos zagueiros adversários ou longe do alvo. Apesar das falhas nas conclusões, o alviverde sobrou na etapa inicial graças à boa qualidade na troca de passes e às constantes movimentações de seus atletas.

Na volta para o segundo tempo, o Tombense encaixou um bom ataque aos 5min. E nesse lance saiu o gol de empate. Gerson Júnior foi à linha de fundo e tocou rasteiro para o centro da área. Rubens dominou esquisito, e Cássio Ortega encobriu Airton com chute colocado: 1 a 1.

O América não perdeu a concentração com o gol sofrido. A resposta foi imediata: aos 8’, Rodolfo cruzou na medida, e Felipe Augusto cabeceou com perigo à direita de Felipe Garcia. Aos 14, Felipe Augusto quase marcou por cobertura, mas a arbitragem assinalou impedimento.

Aos 18, o Coelho voltou a ficar à frente no placar. Zé Ricardo deu enfiada de bola para Rodolfo, que driblou seu marcador e chutou rasteiro, no canto esquerdo de Felipe Garcia: 2 a 1. Ele se igualou a Ademir na artilharia do estadual, com quatro gols.

Por duas vezes, o América poderia ter anotado o terceiro gol. Aos 21, Ademir mandou a bola por cima, depois de assistência de João Paulo. Já aos 36, em nova participação do lateral-esquerdo, Léo Passos bateu rasteiro, mas no meio da meta.

Na reta final do jogo, os torcedores americanos prenderam a respiração com a falta cobrada por Manoel, do Tombense. O lateral-esquerdo soltou a bomba e por pouco não empatou. A bola arrematada à linha de fundo fez justiça a um time que praticou melhor futebol em todo o duelo.

AMÉRICA 2X1 TOMBENSE


AMÉRICA
Airton; Diego Ferreira, Lucas Kal, Eduardo Bauermann e Sávio; Zé Ricardo, Juninho e Alê; Felipe Augusto (João Paulo, aos 20min do 2ºT), Ademir (Léo Passos, aos 30min do 2ºT) e Rodolfo (Geovane, aos 35min do 2ºT)
Técnico: Lisca

TOMBENSE
Felipe Garcia; David, João Marcelo, Matheus Lopes e Manoel; Rodrigo, Lucas Falcão (Gerson Júnior, no intervalo) e Ibson; Cássio Ortega, Maycon Douglas (Gabriel Lima, aos 32min do 1ºT) e Rubens
Técnico: Eugênio Souza

Gols: Ademir, aos 4min do 1ºT; Rodolfo, aos 18min do 2ºT (América); Cássio Ortega, aos 5min do 2ºT (Tombense)

Cartões amarelos: Rodolfo, aos 34min do 2ºT (América); Matheus Lopes, aos 44min do 1ºT; Gabriel Lima, aos 21min, e Ibson, aos 38min do 2ºT (Tombense)

Motivo: sétima rodada do Campeonato Mineiro

Estádio: Independência

Data: sábado, 29 de fevereiro de 2020

Árbitro: Antônio Márcio Teixeira da Silva

Assistentes: Pablo Almeida Costa e Leonardo Henrique Ferreira

Público: 2.132

Renda: R$ 11.244,00


Tags: Campeonato Mineiro América Coelho interiormg futnacional