América

AMÉRICA

Lisca assume a responsablidade por derrota do América e pede desculpas

Treinador admitiu erro na decisão de poupar titulares contra o Avaí

postado em 31/10/2020 23:12

(Foto: Estevão Germano/América )

O técnico Lisca assumiu a responsabilidade pela derrota do América diante do Avaí, por 1 a 0, neste sábado, na Ressacada, em Florianópolis, pela 19ª rodada, a última do turno da Série B do Brasileiro. Ele disse que errou ao escalar uma equipe com vários reservas, preservando alguns jogadores importantes, e admitiu que isso comprometeu o rendimento do Coelho, que teve interrompida sequência vitoriosa de cinco partidas na competição, além de invencibilidade que durou dez jogos. 

Lisca disse que a decisão de poupar as principais peças foi em decorrência do desgaste com a sequência de partidas. Ele descartou relação com a decisão contra o Corinthians, na próxima quarta-feira, no Independência, que vale classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. Entretanto, espera que o revés em Florianópolis sirva de lições para o torneio eliminatório. O Coelho poderá até empatar para avançar, já que bateu o Timão por 1 a 0, em São Paulo. 

"A culpa é do treinador. A responsabilidade da derrota é toda minha. A decisão pelo revezamento dos jogadores foi minha e não funcionou. É a segunda vez que a gente tenta essa estratégia e não funciona. Então a gente tem que aprender um pouco essas lições", declarou Lisca, que pediu desculpas, principalmente, à torcida do Coelho. 

"É duro quando você traça uma estratégia e ela fica aquém do esperado. Para todos nós, nosso grupo, torcedor, clube. A Série B é uma competição prioritária para a gente e perdemos três pontos por um erro. Um erro de definição do treinador. Então, eu peço desculpas e aproveito o espaço para pedir desculpas ao torcedor do América, esse erro não se repetirá", assegurou. 



Na defesa, Lisca escalou apenas o goleiro Matheus Cavichioli, que acabou falhando decisivamente no lance que resultou na vantagem do Avaí. O meio-campo e ataque teve jogadores titulares, mas que não vinham atuando com frequência por causa de lesões, como o armador Alê e o centroavante Rodolfo. Os dois tiveram atuações discretas e foram substituídos na etapa final. 

"Não tivemos sucesso na escolha da estratégia. Nosso rendimento foi muito abaixo do que a gente vinha esperando. Há uma dissonância muito grande entre um time que vem jogando e outro que entra como alternativo e isso atrapalhou muito. Além do mérito do Avaí, que lutou e se dedicou muito, fez o gol em um erro nosso e depois se trancou bem. Eles jogaram no nosso erro e aproveitaram, não tivemos força para reagir", avaliou.

O treinador admitiu que errou também nas trocas feitas durante o jogo, que, segundo ele, até pioraram o rendimento. "Eu tentei algumas trocas que não funcionaram, o time ficou mais desequilibrado, não conseguiu usar as bolas aéreas, que era o nosso objetivo. Erramos muito tecnicamente também, então eu acho que o erro foi a partir da estratégia para a partida e eu assumo essa responsabilidade e peço desculpas ao torcedor do América", frisou.

Lisca não relacionou o fato de preservar jogadores com a decisão diante do Corinthians. Mas ele considera que as lições da derrota na Ressacada serão importantes para o futuro. "A ideia era rodar os jogadores para a manter a equipe forte, por causa do cansaço, não essa a intenção (poupar o time). Vamos colher coisas boas para quarta-feira, muito mais o que não se deve fazer e o que fizemos. Essa é a realidade, é duro para um treinador que já tem experiência, como eu, fazer a escolha errada. Deixamos +de brigar por pontos, houve um erro que não se repetirá", reforçou. 

Tags: américa avaí coelho titulares serieb interiormg lisca