Com dúvida no ataque, Lisca prepara América para clássico com Cruzeiro

Atacante Ademir está cotado para começar a partida entre os titulares

07/05/2021 16:10 / atualizado em 07/05/2021 16:26
compartilhe
Lisca estuda fazer uma alteração no ataque americano para o duelo decisivo
foto: Marina Almeida / América

Lisca estuda fazer uma alteração no ataque americano para o duelo decisivo

 
O América se prepara para o segundo clássico contra o Cruzeiro marcado para domingo, às 16h, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela semifinal do Campeonato Mineiro. O Coelho venceu por 2 a 1 o jogo de ida, no Mineirão. O técnico Lisca, porém, ainda tem dúvidas na formação inicial do time para o ataque. 
Com a boa atuação no primeiro confronto da ‘decisão’, após marcar o gol que deu a vitória por 2 a 1 ao Coelho no Mineirão, o atacante Ademir voltou a ser cotado entre os titulares. Depois da partida, o treinador americano afirmou que o jogador tem “boas chances de retornar a equipe” no duelo contra a Raposa

Para que Ademir comece a partida entre os 11 iniciais, Lisca precisaria abrir mão do meio-campista Bruno Nazário ou do atacante Felipe Azevedo.
 

Elenco do América para a temporada 2021

 
Se o comandante alviverde optar por escalar Nazário no meio-campo, Ademir fará a função de Azevedo pelo lado direito. Com essa mexida, o esquema tático seguirá o mesmo dos últimos dois jogos (4-4-2). Mas, se quem começar a partida for Azevedo, Ademir jogará mais avançado pelo lado esquerdo, com uma formação mais ofensiva (4-3-3).

Lisca também poderá começar o clássico repetindo a mesma escalação do primeiro jogo. Caso isso ocorra, o provável time terá: Matheus Cavichioli, Diego Ferreira, Eduardo Baurmann, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho, Alê e Bruno Nazário (Ademir); Felipe Azevedo (Ademir) e Rodolfo. 
 
 
Para o clássico, Lisca ainda terá as seguintes opções no banco:

Goleiro: Airton
Zagueiro: Ricardo Silva 
Lateral-direito: Marlon
Lateral-esquerdo: Eduardo
Volantes: Ramon e Juninho Valoura
Meias: Geovane e Gustavo 
Atacantes: Leandro Carvalho, Ribamar e Carlos Alberto
 
O atacante Leandro Carvalho, que saiu do banco de reservas no segundo tempo, foi decisivo na vitória de virada por 2 a 1 no jogo de ida, com duas assistências. No primeiro gol do Coelho, aos 40 minutos da etapa final, ele cobrou escanteio na cabeça do meia Alê, que estufou as redes do goleiro Fábio, do Raposa. Aos 44, cruzou a bola na medida certa para o atacante Ademir virar a partida para o time americano.  

Ausências


Ao todo, três atletas estarão fora da partida por problemas clínicos. São eles: o lateral-esquerdo Lucas Luan e os atacantes Marcelo Toscano e Léo Passos. Nenhum desses jogadores participou do treinamento desta sexta-feira (7) no CT Lanna Drumond. 

O defensor Lucas Luan se recupera de uma lesão na coxa esquerda, enquanto Marcelo Toscano, outro jogador muito utilizado na equipe pelo técnico Lisca, trata uma lesão no músculo da coxa direita. Já Léo Passos sofreu uma lesão muscular no adutor direito e também está vetado. 
 

Sem condições de jogo

 
O zagueiro Arthur e os atacantes Yan Sasse e Luiz Fernando, recém anunciados pelo Coelho, completam a lista de jogadores que estão no departamento médico do clube. 

O defensor, que trata uma lesão na coxa direita, não está nos planos do América para o restante da temporada. Com contrato se encerrando em maio, Arthur retornará ao Cruzeiro ao término do Estadual. Ele disputou apenas uma partida na Série B de 2020 com a camisa alviverde.  

Já o atacante Yan Sasse faz tratamento de um desconforto muscular na panturrilha esquerda. O atacante Luiz Fernando, por sua vez, segue com os trabalhos de condicionamento físico após realizar cirurgia no joelho. Lisca aguarda o aval do DM para aproveitá-los no elenco. 

Por ter se classificado na segunda colocação da primeira fase do Campeonato Mineiro, atrás apenas do Atlético, o América iniciou às semifinais contra o Cruzeiro com vantagem de jogar por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols. Como venceu o primeiro jogo, poderá empatar ou perder por um gol de diferença que avançará à final.

Compartilhe