Atlético

FUTSAL

Em jogo festivo no futsal com 16 gols e homenagens, Atlético e Minas empatam

Desfile de craques de várias gerações e belos lances empolgaram fãs

postado em 02/12/2019 22:49 / atualizado em 02/12/2019 23:45

(Foto: Marcos Vieira/EM/DAPress)
Em noite inesquecível para o futsal mineiro nesta segunda-feira, quando o esporte se uniu para ajudar o massagista Chiquinho, que perdeu a perna esquerda em função de uma trombose – toda a renda é revertida para a compra de uma prótese -, os veteranos de Atlético e Minas se enfrentaram na Arena Minas. O placar final, 8 a 8, brindou o público que lotou o ginásio e assistiu a show de Falcão, Lenísio, Ronaldo, Piu, Veio, Kelson, Neto, entre outros.

Foi uma noite de homenagens. Não só para Chiquinho. Várias gerações do esporte no Estado, em especial em Belo Horizonte estiveram presentes, com destaque para Beto “Bom de Bola”, campeão brasileiro pelo Atlético em 1971, mas que começou sua carreira no futebol de salão, como o futsal era chamado, jogando no extinto Viajantes, que mais tarde se tornaria Recreativo.

Houve também uma homenagem para dois campeões mundiais de 1982, Paulinho Bonfim e Jackson, e Faissal Saab, campeão, pelo Atlético, da Taça Brasil de 1985. Houve também uma homenagem para o técnico Milton Ziller, o Miltinho, que faleceu recentemente, na pessoa de sua mulher, Márcia.



O JOGO 

O jogo, um festival de gols e jogadas fantásticas, em especial de Falcão, que, por exemplo, carregou uma bola da área do Atlético à do Minas, fazendo embaixadinha de calcanhar. O que levou o torcedor ao delírio. Falcão (3), Lenísio (3), Nando Grana e Hudson marcaram os gols do Atlético. Ronaldo (2), Neto, Kelson, Rafael, Marcelo e Ronal, da Seleção Brasileira de Amputados, os do Minas.

A empolgação da arquibancada crescia a cada gol. O primeiro foi especial, feito por Dario, o 'Rei Dadá', também homenageado na noite, que abriu o placar ao completar de cabeça um passe de Falcão.

ATLÉTICO 8 x 8 MINAS

ATLÉTICO
Digo, Índio, Ronaldo, Falcão e Dario, depois Lenísio, Piu, Saad, Nando Grana, Dedei, Paulinho Japonês, Vinicius, Hudson, Veio, Brigadeiro, Renato e Ivan
Técnico: Atílio Dias

MINAS
Savinho, Léo Bonfim, Davi, Betinho e Léo Taveira, depois Neto, Kelson, Tostão, Flávio, Rafael, Ronan e Marcelo
Técnico: Faissal Saab

Apitaram Haroldo Ubaldo e José Miguel

Tags: minas falcão futsal atleticomg arena minas lenísio