Atlético

ESPORTE NA TV

Ex-Globo, Carina Pereira revela ter sofrido assédio na emissora

Apresentadora foi demitida na semana passada, após sete anos de emissora

postado em 13/01/2021 13:10 / atualizado em 13/01/2021 17:03

(Foto: Reprodução/ Instagram)

A ex-apresentadora do programa “Globo Esporte”, da Globo Minas, Carina Pereira, publicou um vídeo em uma rede social, nessa terça-feira, contando sobre sua demissão da emissora.  No desabafo, a jornalista revelou ter sofrido assédio moral, por parte de seus superiores, durante boa parte do período em que esteve na Globo
O vídeo compartilhado no Instagram começa com Carina confirmando a sua demissão após sete anos de Globo. Ela foi comunicada sobre o término de seu vínculo com a emissora na última terça-feira (5). Antes de sair, a profissional estava à frente do noticiário esportivo matinal “Bom Dia Minas”. 

“Oi, gente! Eu acho que estava devendo uma satisfação para as pessoas, porque, normalmente, eu conto toda minha vida aqui (Instagram). Eu não falei nada desde semana passada, mas, sim, eu fui demitida e não, não estou triste. Não gravei esse vídeo antes porque eu estava muito gripada, mas agora está tudo bem”, iniciou o desabafo

Após agradecer a todos os fãs e amigos que enviaram mensagens de apoio a ela, Carina afirmou ter sofrido muito no período que trabalhou na emissora. Emocionada, a jornalista relembrou momentos que a marcaram negativamente, sendo situações delicadas de assédio moral

"Aconteceram algumas coisas que já estavam somando. Enfrentei uma redação de esporte e não sabia que seria tão desafiador assim. Enfrentei muito preconceito por ser mulher e por não ser desse meio", começou.

"No começo eram piadinhas dos colegas, algum tratamento diferenciado porque eu não era dali, mas depois foi o meu chefe. Ele dizia: 'Ah, a Carina consegue essa exclusiva porque é mulher, tem o que você não tem, oferece o que você não oferece...'. Quando era colega, eu retrucava, mas quando era o chefe, não, porque era alguém que eu admirava. E as coisas foram piorando", acrescentou.

Na sequência do vídeo, Carina continuou relatando diferenças no tratamento. A jornalista disse que chegou a fazer uma denúncia no RH da emissora, mas que de nada adiantou. 

"O que ele fazia comigo, ele fazia com outros colegas. A gente resolveu denunciar. Primeiro, a gente foi no RH. Não resolveu muito. Depois a gente fez uma denúncia na ouvidoria da empresa. Fui mudada de horário, de função. Para mim, as coisas pioraram. Eu era a única mulher dessa galera que denunciou e sinto que fui a única prejudicada", declarou. 

"Aquilo me entristecia. Aquilo ficava na minha cabeça. Por que para mim as coisas eram mais difíceis?”, questionou Carina sem ter uma resposta. 
 
Assista o vídeo na íntegra:
 

Trajetória na Globo


Em 2014, depois de se destacar na TV Integração, afiliada da Rede Globo no interior de Minas Gerais, Carina Pereira foi contratada pela emissora. Lá, foi setorista do Atlético até 2017, quando virou apresentadora do "Globo Esporte Minas" após a saída da jornalista Maira Lemos. 

Em julho de 2019, quando um novo comando assumiu o jornalismo global na capital mineira, Carina saiu do setor esportivo e foi escalada para o "Bom Dia Minas", programa em que trabalhava até sua demissão, em 5 de janeiro de 2021.

Nota da Rede Globo


Após a publicação do vídeo de Carina Pereira, a Rede Globo publicou uma nota sobre a denúncia de assédio denunciada pela ex-apresentadora. Veja abaixo.

A Globo não tolera comportamentos abusivos em suas equipes e todo relato de assédio é apurado criteriosamente assim que a empresa toma conhecimento. A empresa não comenta questões relacionadas a Compliance, pois, de acordo com o Código de Ética do Grupo Globo, assume o compromisso de investigar toda e qualquer denúncia de violação de regras, assim como o de manter sigilo dos processos, não fazer comentários sobre as apurações e tomar as medidas cabíveis, que podem ir de uma advertência até o desligamento do colaborador. Mesmo nas hipóteses de desligamento, as razões de Compliance não são tornadas públicas. A empresa é muito criteriosa para que os estilos de gestão estejam adequados aos comportamentos e posturas que a Globo quer incentivar e para que as medidas adotadas estejam de acordo com o que foi apurado.

Tags: globo americamg atleticomg cruzeiroec interiormg futnacional esporte na tv carina pereira