Atlético

ATLÉTICO

Com exceção de Jemerson, atletas negociados pelo Atlético em 2016 vivem inferno astral

G. Augusto, André, D. Santos e Eduardo ainda não tiveram sucesso após deixar o Galo

postado em 24/12/2016 11:58 / atualizado em 24/12/2016 14:22

O Atlético foi bem no mercado em 2016 em especial no que diz respeito às vendas. O clube conseguiu fazer boas negociações e faturou alto. Das principais transações, apenas o zagueiro Jemerson segue seu caminho de sucesso, demonstrando na França todo o talento visto em terras mineiras.

Os outros atletas que deixaram a Cidade do Galo não tiveram uma sequência brilhante no restante do ano. O armador Giovanni Augusto terminou a temporada como reserva do Corinthians, o atacante André está esquecido no banco do Sporting, o lateral-esquerdo Douglas Santos, apesar de titular do Hamburgo, luta contra o rebaixamento na Alemanha e o volante Eduardo foi rebaixado com o Internacional.

Jemerson – Monaco

DIVULGAÇÃO

  • Valores: Negócio rendeu R$ 48 milhões. O Galo ficou com cerca de R$ 26,5 milhões
  • 32 jogos: 20 pelo Campeonato Francês, 1 pela Copa da França, 10 pela Liga dos Campeões e 1 pelo time B do Monaco
  • 2 gols

Jemerson foi promovido ao elenco principal do Atlético em 2013. O defensor estreou com a camisa alvinegra em jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano, vitória por 2 a 1 diante do Criciúma, no Independência. O defensor conquistou o Mineiro em 2013 e 2015, a Recopa Sul-Americana e a Copa do Brasil em 2014.

Vendido ao Monaco, demorou algumas semanas a se adaptar. Chegou a jogar pelo time B, mas conseguiu recuperar o espaço no elenco. É um dos atletas com mais jogos na atual temporada europeia. Forma a dupla de zaga ao lado do polonês Glink. O técnico Leonardo Jardim o considera um dos grandes valores do elenco.

Giovanni Augusto – Corinthians

DIVULGAÇÃO

  • Valores: O Atlético recebeu cerca de R$ 19,7 milhões pela liberação de Giovanni Augusto e André. O Galo ainda permanece com 50% do armador
  • 53 jogos: 32 pelo Campeonato Brasileiro, 6 pela Libertadores, 4 pela Copa do Brasil e 11 pelo Paulista
  • 6 gols

O armador saiu do Galo com grande expectativa de jogar pelo Corinthians. Era um sonho vestir a camisa do time paulista. “Quando fiz o gol no Corinthians, na Arena, disse que queria jogar no Corinthians. É um dos maiores clubes do Brasil, senão o maior. Todo jogador pensa em vestir a camisa do Corinthians. Fico muito feliz de realizar essa vontade que tive no passado”, disse, ainda na Cidade do Galo.

Giovanni Augusto fez muitos jogos pelo clube paulista na temporada. Apesar da sequência, ele não conseguiu manter a regularidade. O meia terminou a temporada como reserva no time de Oswaldo de Oliveira. Ele, inclusive, foi banco no jogo contra o Cruzeiro, na despedida do ano.

André – Corinthians / Sporting

DIVULGAÇÃO

  • Valores: O Atlético recebeu cerca de R$ 19,7 milhões pela liberação de André e Giovanni Augusto. Depois, o Corinthians vendeu 50% dos direitos de André ao Sporting por R$ 3,6 milhões
  • 29 jogos pelo Corinthians: 6 pela Libertadores, 11 pelo Brasileiro e 12 pelo Paulista. Ele marcou seis 6 gols.
  • 12 jogos pelo Sporting: 6 pelo Campeonato Português, 3 pela Liga dos Campeões, 2 pela Taça de Portugal e 1 pela Taça da Liga. Ele marcou 3 gols

A parceria entre André e Corinthians foi curta. O atacante disputou apenas 29 jogos pelo time paulista. A relação dele com a torcida ficou estremecida por causa da má fase em campo. Ele chegou a perder um pênalti decisivo nas oitavas de final da Libertadores, contra o Nacional-URU. Era a gota d’água. André perdeu a titularidade e acabou negociado. No Sporting, ele virou reserva e tem tido poucas chances.

Douglas Santos – Hamburgo

DIVULGAÇÃO

  • Valores: O Atlético não divulgou valores envolvidos na negociação. A imprensa especulou cerca de 7 milhões de euros (cerca de R$ 25 milhões) por 80% dos direitos econômicos do lateral
  • 15 jogos pelo Hamburgo: 14 pelo Campeonato Alemão e 1 pela Copa da Alemanha
Logo que chegou, Douglas Santos conquistou a confiança dos torcedores do Hamburgo e assumiu a titularidade. Dos 16 jogos do Campeonato Alemão, o ex-lateral do Galo participou de 14. Mas a fase do time não ajuda o ex-atleticano. O Hamburgo está na 16ª posição, com 13 pontos, na zona do playoff do rebaixamento. O péssimo momento do Hamburgo o afastou da Seleção Brasileira. O curioso é que Fábio Santos, atleta que o substituiu no Galo, já foi chamado por Tite. A transferência para Alemanha afastou Douglas Santos do radar do treinador da Seleção.

Eduardo – Internacional

DIVULGAÇÃO

  • Valores: O Atlético negociou os 35% que tinha dos direitos econômicos do jogador. Os valores não foram revelados
  • 11 jogos pelo Internacional: 7 pelo Campeonato Brasileiro e 4 jogos pela Copa do Brasil

O volante Eduardo chegou ao Internacional em um momento difícil do time, com vertiginosa queda na tabela devido aos maus resultados. Ele jogou apenas 11 jogos, sete no Brasileiro e quatro na Copa do Brasil. Já no fim do ano, Eduardo foi relegado e não participou da agonia do Inter a caminho do rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Tags: mercadobola atelticomg galo jemerson andré eduardo Douglas Santos Giovanni Augusto