Atlético

ATLÉTICO

Com aumento do limite da idade olímpica, jogadores do Atlético 'ganham' mais um ano para tentar entrar na lista de Jardine

Allan e Arana estão no radar do técnico da Seleção Brasileira Olímpica

postado em 08/04/2020 07:00

(Foto: Bruno Cantini/Atlético)

No último domingo, o Comitê Olímpico Internacional (COI) e a Federação Internacional de Futebol (Fifa) decidiram alterar de 23 para 24 anos o limite da idade para o futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão. A mudança é exclusiva para a próxima edição, que foi adiada para julho de 2021 em função da pandemia do novo coronavírus.

A mudança pode ajudar dois jogadores do Atlético: o volante Allan e o lateral-esquerdo Guilherme Arana. Os dois fizeram parte desse ciclo com o técnico André Jardine, mas não foram convocados para a disputa do Pré-Olímpico.

No ano passado, o volante defendia o Fluminense, enquanto o lateral-esquerdo era do Sevilla, da Espanha. Os dois foram convocados para jogos amistosos da equipe sub-23. Neste ano, no entanto, perderam espaço na Seleção Brasileira Olímpica.

Se os jogos fossem realizados em agosto deste ano, Allan e Arana teriam pouco tempo para mudar os pensamentos de André Jardine. Agora, ganharam mais um ano para disputar a vaga. Os dois contam com apoio do técnico Jorge Sampaoli para crescerem de produção e serem convocados em 2021.

Os dois jogadores chegaram ao Galo em janeiro deste ano. O volante teve 80% dos direitos comprados por cerca de 3 milhões de euros (cerca de R$ 13,6 milhões na época) e assinou até 2023 com o clube. Já o lateral-esquerdo chegou ao Atlético por empréstimo até junho de 2021 com obrigação de compra do alvinegro. A totalidade do negócio gira em torno de 5 milhões de euros.

Além de Allan e Arana, o Atlético tem mais um jogador de olho nos Jogos Olímpicos: o lateral-direito Guga. O jogador é ‘figurinha carimbada’ nas convocações de Jardine e deve ser convocado para a disputa em Tóquio.

Tags: galo atlético allan tóquio interiormg jogos olímpicos selefut guilherme arana