Atlético
None

ATLÉTICO

Presidente do Atlético minimiza cobrança de Sampaoli por salários em dia: 'Assim ele ganha o elenco'

Sette Câmara nega relação conturbada e diz que técnico é 'respeitoso'

postado em 01/10/2020 22:10

(Foto: Bruno Cantini/Atlético )

Ao anunciar o pagamento dos salários do mês de agosto, previsto para esta sexta-feira, o presidente do Atético, Sérgio Sette Câmara, minimizou as notícias nos bastidores sobre intensas cobranças do técnico Jorge Sampaoli para que a diretoria mantenha a folha salarial em dia. O mandatário alvinegro disse que o treinador faz essa exigência para ganhar ainda mais a confiança do grupo e também voltou a rechaçar qualquer problema de relacionamento com o explosivo treinador argentino.

Em entrevista ao programa Bastidores, da Rádio Itatiaia, Sérgio Sette Câmara disse que a cobrança de Sampaoli é uma forma de ter a confiança e manter o foco dos jogadores. O drigente ressaltou ainda que é tratado de forma 'respeitosa' pelo técnico, que no Santos, em 2019, bateu de frente com o presidente José Carlos Peres e acabou deixando o clube paulista ao fim da temporada passada. 

"Sampaoli é um cara muito sério. Não é de resenha, é aquele cara focado, que chega cedo e trabalha duro. a gente vê que os jogadores têm admiração por ele, tanto que ele consegue extrair o melhor de nossos atletas. Ele conquista o elenco com determinadas atitudes que são válidas e legais. Ele quer o elenco dele recebendo em dia, então ele ganha os jogadores fazendo esse tipo de exigência", declarou o mandatário do Galo.

Sette Câmara admitiu que, em determinadas situações, teve que segurar um pouco o agitado treinador nas exigências no clube, principalmente por causa das receitas menores provocadas pela pandemia. Às vezes colocamos para ele - 'Sampaoli, segure um pouco, estamos em uma pandemia e tudo mais, vamos lá e tal'...", frisou o dirigente.

A exemplo de declarações anteriores, o presidente atleticano voltou a negar qualquer tipo de problema na relação com Sampaoli. "Comigo ele sempre teve uma relação muito respeitosa, é importante colocar isso. Existe uma história que no Santos ele teve relação conturbada com o presidente, mas posso garantir que aqui, comigo, ele sempre teve uma deferência, uma educação, tratamento muito respeitoso", comentou.

Tags: galo atlético jogadores presidente treinador salários interiormg sampaoli sérgio sette câmara