Atlético

COPA LIBERTADORES

América-COL x Atlético: bombas, gás e protestos marcam jogo na Colômbia

Jogo foi interrompido algumas vezes por causa dos efeitos de gás lacrimogêneo utilizados para conter manifestantes

postado em 13/05/2021 22:00 / atualizado em 13/05/2021 23:37


O jogo entre América de Cáli e Atlético ficou em segundo plano na noite desta quinta-feira, na Colômbia. Do lado de fora do estádio Romelio Martínez, em Barranquilla, muita confusão entre manifestantes, que protestam contra o governo, e policiais (se não conseguir ver a galeria, clique aqui). 







As manifestações na Colômbia começaram em 28 de abril contra a reforma tributária no país, proposta pelo presidente Iván Duque. Depois dos protestos, a reforma acabou sendo retirada de pauta.

No entanto, as manifestações não cessaram. Os colombianos lutam para incluir renda básica, fim da violência policial e retirada de um projeto de reforma da saúde que é discutido há muito tempo.

Durante a partida entre América e Atlético, manifestantes protestavam do lado de fora do estádio. Houve confronto com os policiais, que utilizaram bombas e gás lacrimogêneo para conter os protestos. 

Os efeitos foram sentidos pelos jogadores. A partida foi paralisada algumas vezes no primeiro tempo, e os atletas chegaram a ir para os vestiários. No entanto, o confronto foi retomado alguns minutos depois.

O Galo venceu por 3 a 1, com gols de Hulk, Arana e Vargas, e garantiu classificação antecipada às oitavas de final da Libertadores. O time dirigido por Cuca chegou a dez pontos em quatro apresentações e lidera o Grupo H.

Tags: galo atlético interiormg libertadores2021