UAI

2

Lula sobre Kalil: 'Já o conhecia do sucesso do Atlético, da grande gestão'

Alexandre Kalil, ex-presidente do Galo, é pré-candidato ao Governo de Minas e aliado de Lula, pré-candidato à Presidência da República, nas eleições de 2022

14/06/2022 10:12 / atualizado em 14/06/2022 11:01
compartilhe
Kalil e Lula em peça publicitária divulgada pelo ex-presidente do Atlético nas redes sociais
foto: Reproduçãoo/Twitter Alexandre Kalil

Kalil e Lula em peça publicitária divulgada pelo ex-presidente do Atlético nas redes sociais

Pré-candidato à Presidência da República nas eleições de 2022, em outubro, Lula (PT) afirmou nesta terça-feira que conhecia Alexandre Kalil (PSD) por conta do "sucesso" como presidente do Atlético, entre 2008 e 2014. Kalil, pré-candidato ao Governo de Minas, é aliado de Lula no pleito deste ano.



"Olha, eu conheci o Kalil uma vez num jantar, quando o (Fernando) Pimentel era governador do estado de Minas Gerais, e eu já conhecia o Kalil do sucesso do Atlético Mineiro, da grande gestão que ele fez no Atlético Mineiro, e depois eu tive o prazer de conhecer o Kalil já como prefeito", disse em entrevista à Rádio Vitoriosa, de Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

Prefeito de Belo Horizonte entre 2017 e março de 2022, quando renunciou para disputar a cadeira de governador de Minas Gerais neste ano, Kalil também comentou sobre Lula em entrevista recente.

O ex-presidente do Galo lamentou, no último sábado, em tom de brincadeira, que o Brasil terá um torcedor do Cruzeiro na Presidência caso o petista vença. "Pior, confesso, corintiano e cruzeirense", disse Kalil.

"Eu costumo dizer que todo mundo tem defeito, até que enfim eu achei um defeito no presidente Lula. Então, infelizmente nós vamos ter um presidente cruzeirense. Confesso, pior, confesso, corintiano e cruzeirense. Então, nós vamos ter, se Deus quiser, se Deus nos abençoar, um presidente cruzeirense, mas o governador será atleticano", afirmou, em entrevista coletiva no sábado, em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce.



Lula e Kalil vão lançar a aliança oficialmente nesta quarta-feira em evento em Uberlândia. O petista, que presidiu o país entre 2003 e 2010 e se coloca como pré-candidato em 2022, afirmou em maio deste ano que torce pelo Cruzeiro.

"O (Luiz) Dulci é torcedor do América. Lamentavelmente não aprendi a ser atleticano, virei torcedor do Cruzeiro. Mas esses dias fiquei de certa forma feliz, porque vi o pequeno América, um time que frequenta sistematicamente a Série B, que ganha uma vez e cai na outra, ganha num ano e cai no outro, mas vi o pequeno América bater no gigante Atlético Mineiro", disse Lula, também torcedor do Corinthians, durante visita à capital mineira.

Eleições 2022


Além de Kalil, Romeu Zema (Novo), Miguel Corrêa (PDT), Carlos Viana (PL), Miguel Corrêa (PDT), Marcus Pestana (PSDB), Renata Regina (PCB), Lorene Figueiredo (Psol) e Saraiva Felipe (PSB) se colocam como pré-candidatos na disputa pelo governo mineiro.

Já à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), André Janones (Avante), Simone Tebet (MDB), Vera Lúcia (PSTU), Pablo Marçal (Pros), Eymael (DC), Felipe d'Ávila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Luciano Bivar (União) e Leonardo Péricles (UP) são outros nomes tidos como pré-candidatos.

As eleições acontecem em 2 de outubro. Caso necessário segundo turno, ele ocorrerá no dia 30 do mesmo mês.

Compartilhe