Athletico Paranaense

SÉRIE A

Athletico derrota Sport em casa e termina o Brasileirão em nono lugar

Furacão faz 2 a 0 em duelo de rubro-negros na Arena da Baixada

postado em 25/02/2021 23:46 / atualizado em 26/02/2021 03:03

(Foto: José Tramontin/athletico.com.br )

Com gols de Nikão e Léo Cittadini, o Athletico venceu o Sport por 2 a 0, nesta quinta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela última e decisiva rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória garantiu ao time paranaense a 9.ª posição na classificação geral.

O Athletico entrou em campo já com vaga assegurada na Copa Sul-Americana. Contudo, o resultado positivo sobre o Sport deixou o time na nona posição, com 53 pontos, garantindo ao time vaga direta na 3.ª fase da Copa do Brasil.

Já o resultado negativo deixou o Sport na 15.ª posição com 42 pontos. O time pernambucano buscava neste confronto vaga na Copa Sul-Americana, além de ao menos a 14.ª posição na classificação geral, que lhe renderia R$ 12,8 milhões em premiação.

O JOGO 


Os primeiros 45 minutos foram equilibrados na Arena da Baixada. O Athletico dominou as ações no início do jogo e logo aos seis minutos abriu o placar. Christian lançou Renato Kayser, que cruzou para Nikão, sem marcação, apenas completar para o fundo das redes.

A vantagem deixou o time paranaense mais tranquilo em campo, tanto é que o time voltou a criar oportunidade apenas aos 20 minutos, quando Carlos Eduardo partiu em velocidade e encontrou Jadson, que finalizou no meio do gol para a defesa do jovem Luan Polli.

Na reta final do primeiro tempo os dois times aceleraram o ritmo e poderiam ter feito gols. O Athletico-PR, aos 37, em finalização cruzada de Carlos Eduardo. Já o Sport, aos 43, após ótima jogada de Patric em que Ewerton furou na hora de completar para as redes.

No retorno do intervalo, logo no primeiro minuto, o Sport balançou as redes. Após cruzamento na área, Adryelson finalizou e Santos espalmou. No rebote, Thiago Neves completou para o gol, mas após revisão do VAR a arbitragem anulou por impedimento.

Logo o Athletico-PR retomou as ações do confronto e conseguiu bloquear as investidas do Sport no campo ofensivo. E, com tranquilidade, o time paranaense envolveu o Sport e ampliou o placar aos 40 minutos. Khellven cruzou na área e Léo Cittadini, de cabeça, encobriu o goleiro Luan Polli e balançou as redes da Arena, dando números finais ao confronto.

ATHLETICO 2 x 0 SPORT


ATHLETICO
Santos; Jonathan (Khelleven), Zé Ivaldo, Pedro Henrique e Abner Vinicius; Christian (Aguilar), Léo Cittadini e Jadson (Erick); Renato Kayser (Bissoli), Nikão e Carlos Eduardo (Walter)
Técnico: Paulo Autuori

SPORT
Luan Polli; Patric, Adryelson, Iago Maidana, Rafael Thyere (Ewerthon) e Júnior Tavares; Betinho, Marcão Silva (Gustavo Oliveira) e Thiago Neves; Dalberto (Mikael) e Marquinhos (Luciano Juba)
Técnico: Jair Ventura

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 25 de fevereiro, quinta-feira
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (Fifa-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Daniel Luis Marques (SP)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Cartões amarelos: Adryelson e Jair Ventura (Sport)

Tags: sport furacão brasileirão seriea athletico