Athletico Paranaense

COPA SUL-AMERICANA

Athletico vence e lidera com 100% de aproveitamento na Sul-Americana

Furacão bate Metropolitanos em casa e mantém a ponta no Grupo D

postado em 28/04/2021 23:03

(Foto: Rodolfo Buhrer/AFP)

O Athletico fez valer o fator casa na noite desta quarta-feira, quando recebeu o Metropolitanos (VEN) e venceu por 1 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), em duelo válido pela segunda rodada do Grupo D da Copa Sul-Americana.

Foi a segunda vitória em dois jogos do time brasileiro na competição, que já havia vencido na estreia o Aucas (EQU) por 1 a 0 no Equador. Com o resultado, o time paranaense segue na liderança, agora com seis pontos. Enquanto o Metropolitanos (VEN) é o terceiro com apenas um.

Para seguir na parte de cima da tabela, o técnico Antônio Oliveira promoveu três mudanças no time titular em relação ao confronto da estreia. Isso porque retornaram o goleiro Santos e o zagueiro Thiago Heleno, enquanto Christian saiu para a entrada de Vitinho.

Em campo, o Athletico dominou as ações no primeiro tempo. Tanto é que chegou a ter 80% de posse de bola. Contudo, o time paranaense conseguiu acertar apenas dois chutes ao gol e não fez por merecer alguma vantagem no placar. O Metropolitanos foi cauteloso e apostou nos contra-ataques para surpreender fora de casa.

No lance de maior perigo do primeiro tempo, aos 41 minutos, Nikão fez jogada individual e mandou a bola na área. Após bate-rebate, Vitinho finalizou para boa defesa do goleiro Giancarlo.

Se no primeiro tempo o Athletico finalizou 15 vezes e só conseguiu acertar duas bolas no gol, na etapa final o time precisou finalizar apenas uma vez nos primeiros oito minutos para abrir o placar. Khellven foi lançado, cruzou na área e encontrou Renato Kayser, que cabeceou para as redes.

A vantagem no placar tirou a ansiedade do Athletico em campo, tanto é que o time priorizou o toque de bola e esperou o adversário sair um pouco mais para o ataque.

Aos 33 minutos o Athletico-PR teve a vida ainda mais facilitada pelo time venezuelano, quando Bustillo acabou agredindo Renato Kayser em frente ao árbitro e recebeu o cartão vermelho direto.

Mas o time brasileiro abusou da sorte e poderia ter deixado o campo com um amargo empate, já que Mancín perdeu gol inacreditável aos 36 minutos, em finalização que passou muito perto da trave de Santos.

O Athletico voltará a campo na terça-feira para enfrentar o Melgar (PER) às 21h30, em Arequipa, no Peru. Já o Metropolitanos, no mesmo dia, mas às 19h15, receberá o Aucas (EQU), em Caracas, na Venezuela.

Tags: furacão sulamericana metropolitanos futinternacional athletico