ATLÉTICO

Polêmica em clássico, gols e assistências: o 2018 de Vinicius, novo reforço do Atlético

Galo anunciou a contratação do jogador na tarde dessa quinta-feira

postado em 11/01/2019 06:30 / atualizado em 10/01/2019 20:20

Felipe Oliveira/Bahia
A temporada 2018 foi a mais regular do meia Vinicius como jogador profissional. O novo reforço do Atlético para 2019 passou por exames nessa quinta-feira e em breve será anunciado oficialmente. Mas você conhece o jogador? O Superesportes fez um balanço de como foi seu último ano, quando atuou pelo Bahia, e de como é seu estilo de jogo.

Em 2018, Vinicius foi para sua segunda temporada seguida no Bahia. Ele entrou em campo 60 vezes, por cinco competições diferentes (Copa do Nordeste, Campeonato Baiano, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana). Nesse ano, o então camisa 29 do Tricolor foi titular em 41 oportunidades, sob o comando dos técnicos Guto Ferreira (janeiro a junho), Cláudio Prates (junho) e Enderson Moreira (julho a dezembro).

Felipe Oliveira/Bahia
O meia marcou 13 gols, a maioria deles em finalizações de fora da área, uma de suas características, e distribuiu 11 assistências em 2018. Alguns dos passes decisivos se deram em cobranças de escanteio e faltas laterais. Entretanto, além do bom desempenho com tentos e passes decisivos no Bahia, Vinicius ficou marcado por um episódio triste para a história do clássico “Ba-Vi”.

Em 19 de fevereiro de 2018, o Vitória recebia o Bahia, no Barradão, para o primeiro clássico do ano, pela sexta rodada da primeira fase do Estadual. Vinicius marcou o gol de empate do Tricolor, que perdia por 1 a 0, e comemorou com a dança do “créu” em frente à torcida rubro-negra. Os adversários partiram para cima do meia, e uma confusão generalizada tomou conta do jogo.

Vinicius acabou agredido e expulso, junto de outros quatro jogadores (dois do Bahia e dois do Vitória). Nas vésperas do jogo, o meia já havia provocado a torcida rubro-negra nas redes sociais. Porém, a comemoração com “dancinha” era comum por parte do atleta.

Outra polêmica relacionada a Vinicius ocorreu quando o jogador defendia o Athletico Paranaense. Em 2016, o jogador estava no rubro-negro, mas foi afastado por ter recusado uma transferência para o Goiás. O meia acabou emprestado para o Náutico. Ele retornou em 2017 ao Furacão, mas alegou que estava sendo ameaçado pela diretoria e registrou um boletim de ocorrência. Com isso, ele deixou a equipe e acabou negociado com o Bahia.

Felipe Oliveira/Bahia
Em relação a títulos e resultados coletivos, Vinicius teve um 2018 sólido com o Bahia. A equipe foi campeã estadual (ao bater o Vitória), mas vice-campeã da Copa do Nordeste (superada pelo Sampaio Corrêa). Em seguida, o time chegou até as oitavas de final da Copa do Brasil (eliminada pelo Palmeiras). Na Sul-Americana, o Tricolor chegou até as quartas (caiu para o campeão Athletico Paranaense). No Brasileirão, o clube terminou em 11º.

Os 13 gols do meia Vinicius em 2018

24/01 - Bahia 2 x 1 Jacuipense-BA - 1 gol - recebeu lançamento de Edigar Junio, driblou o goleiro e finalizou para o gol vazio
07/02 - Bahia 6 x 1 Vitória da Conquista - 1 gol - balançou as redes em chute colocado rasteiro de fora da área
18/02 - Vitória 1 x 1 Bahia (Bahia venceu por w.o. com placar de 3 a 0) - 1 gol - marcou de pênalti. Na comemoração, dançou em frente à torcida do Vitória e teve início uma confusão generalizada.
22/02 - Bahia 2 x 1 Náutico - 1 gol - recebeu cruzamento de Kayke e, de primeira, finalizou sem chances para o goleiro
07/03 - Bahia 6 x 1 Jequié-BA - 2 gols - o primeiro foi de pênalti, deslocando o goleiro; o segundo foi um chute colocado de primeira, da entrada da área
20/03 - Bahia 5 x 2 Altos-PI - 1 gol - recebeu cruzamento de Edigar Junio, dominou e finalizou para as redes
01/04 - Bahia 2 x 1 Vitória - 1 gol - marcou de pênalti
09/05 - Bahia 3 x 0 Vasco - 1 gol - recebeu de Zé Rafael na entrada da área e bateu colocado 
10/06 - Bahia 3 x 3 Botafogo - 1 gol - aproveitou cruzamento de Elber na marca do pênalti e finalizou para as redes
22/07 - Bahia 4 x 1 Vitória - 1 gol - perdeu pênalti e marcou no rebote
13/10 - Bahia 2 x 0 Paraná - 2 gols - o primeiro foi de falta, no ângulo; o segundo foi em chute de primeira em diagonal, após aproveitar rebatida da defesa adversária

Tags: vinicius interiormg futnacional seriea mercadobola atleticomg bahiaba