Bragantino

CAMPEONATO BRASILEIRO

Janderson marca pela 1ª vez, Atlético-GO vence o Bragantino e respira no Brasileirão

Com vitória, time goianiense consegue se afastar do Z4

postado em 11/10/2020 20:29

(Foto: Heber Gomes/Atlético-GO)
Neste domingo, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-GO derrotou o Bragantino por 2 a 1, em casa, e se afastou da zona do rebaixamento. Em contrapartida, os paulistas seguem em situação complicada no torneio.

A primeira etapa no Estádio Olímpico foi bem equilibrada, com os dois times alternando perigosas descidas ao ataque. Aos 13 minutos, a defesa do Dragão saiu jogando errado, e Ytalo saiu cara a cara com Jean, mas o atacante chutou em cima do goleiro. Já aos 19, após mais uma saída equivocada, Claudinho viu o arqueiro adiantado e emendou um lindo chute por cobertura para colocar os visitantes na frente.

A partir de então, foi a vez de os mandantes dominarem as ações ofensivas e balançarem as redes. Com o relógio marcando 27 minutos, Janderson recebeu livre pela direita e finalizou cruzado para deixar tudo igual, marcando assim o seu primeiro gol pelo Atlético.

Já na etapa complementar, os anfitriões foram melhores o tempo todo. A primeira chegada mais perigosa saiu aos 15 minutos, em cabeçada de Marlon Freitas que parou na trave. Depois, foi a vez de Everton Felipe assustar em perigoso chute, defendido por Júlio César. Então, Já aos 44, Matheuzinho recebeu pela direita e estufou as redes, definindo o triunfo de virada dos goianos.

Com o resultado, o Atlético-GO foi a 18 pontos, assumindo a 11ª posição. Já o Bragantino segue na vice-lanterna, com 12.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 2 X 1 RED BULL BRAGANTINO

Local: Estádio Olímpico. Goiânia (GO)
Data: 11 de outubro de 2020, domingo
Horário: 18h15 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Heilton Nunes (SC)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Cartões amarelos: Edson (Atlético-GO); Léo Ortiz (Bragantino)

GOLS: Janderson, aos 27 do 1ºT, e Matheuzinho, aos 44 do 2ºT (Atlético-GO); Claudinho, aos 19 do 1ºT (Bragantino)

ATLÉTICO-GO: Jean; Dudu (Arnaldo), Éder, João Victor e Nicolas; Edson, Marlon Freitas e Chico (Matheus Vargas); Janderson (Matheuzinho), Ferrareis (Everton Felipe) e Zé Roberto (Hyuri).
Técnico: Vagner Mancini

RED BULL BRAGANTINO: Júlio César; Raul, Léo Ortiz, Ligger e Edimar (Weverson); Ricardo Ryller, Uillian Correia (Weverton) e Claudinho; Leandrinho (Wesley Pionteck (Luis Phelipe)), Bruno Tubarão e Ytalo
Técnico: Maurício Barbieri

Tags: futnacional seriea atleticogo bragantinosp