UAI

2

Bragantino vence o Nacional-URU em casa na estreia pela Libertadores

Massa Bruta se impõe no Estádio Nabi Abi Chedid e começa bem a fase de grupos da competição

06/04/2022 21:13 / atualizado em 07/04/2022 11:36
compartilhe
Ytalo abre o placar e festeja com os companheiros: Massa Bruta estreou bem em casa
foto: Nelson Almeida/AFP

Ytalo abre o placar e festeja com os companheiros: Massa Bruta estreou bem em casa


O Red Bull Bragantino estreou com vitória na Libertadores. Nesta quarta-feira, a equipe venceu o Nacional-URU por 2 a 0. Jogando em casa, no Estádio Nabi Abi Chedid, o Massa Bruta criou as melhores chances da partida e confirmou a vitória com gols de Ytalo, ainda no primeiro tempo, e Hurtado, já nos minutos finais.



Agora, o Bragantino passa a se preocupar com o Campeonato Brasileiro. Na próxima segunda-feira, às 20h, no fechamento da primeira rodada, o time paulista encara o Juventude fora de casa, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. 

Pela Libertadores, o próximo compromisso da equipe de Bragança Paulista é na próxima quinta-feira, na Argentina, contra o Vélez Sarsfield, às 21h (de Brasília). O Nacional enfrenta o Estudiantes na próxima quarta-feira, às 21h, no Uruguai.

O JOGO


O Bragantino começou bem o jogo, levando perigo com Ytalo já no primeiro minuto. Helinho, aos dois minutos, e Hyoran, aos 12, passaram perto, mas não conseguiram abrir o placar.

Mais ofensivo no primeiro tempo, o Massa Bruta abriu o placar aos 34 minutos de jogo. Após cobrança de escanteio, Sorriso desviou para o segundo pau, aonde Ytalo apareceu para testar para o fundo das redes e colocar o time da casa na frente.

O centroavante voltou a levar perigo já nos minutos finais da primeira etapa, novamente em escanteio, mas a defesa do Nacional tirou a bola e impediu o segundo gol da equipe.

Na volta do intervalo, o goleiro Rochet foi substituído por Martín Rodríguez. O goleiro reserva, porém, não foi muito requisitado. Precisando do empate, o Nacional se lançou ao ataque e equilibrou a partida. O jogo, no entanto, demorou para ter grandes chances de gol.

Quem passou mais perto de marcar foi o Bragantino, que chegou com Luan Cândido e Helinho, mas dois mandaram para fora. Martín Rodríguez foi exigido aos 34 minutos, quando defendeu chute cruzado de Lucas Evangelista.

O Nacional tentou o empate e o treinador Repetto promoveu a entrada de jogadores de ataque para buscar o gol. As substituições, entretanto, não conseguiram resolver o problema e o time da casa seguiu levando perigo, especialmente em contragolpes.

A estratégia deu certo para os brasileiros. Aos 48 minutos do segundo tempo, Hyoran mandou bela bola para Hurtado, dentro da área. O lateral dominou e mandou para o fundo das redes, fechando a conta em 2 a 0 para o Bragantino.

RED BULL BRAGANTINO 2 x 0 NACIONAL-URU


BRAGANTINO
Cleiton; Aderlan (Hurtado), Léo Ortiz, Natan, Luan Cândido; Ramires, Jadsom (Lucas Evangelista) e Hyoran; Helinho (Carlos Eduardo), Sorriso (Tubarão) e Ytalo (Alerrandro)
Técnico: Maurício Barbieri

NACIONAL
Rochet (Martín Rodríguez); Rodríguez, Marichal, Coelho, Cándido; Yonathan Rodríguez, Diego Rodríguez (Ignacio Ramírez), Monzeglio (Zabala) e Trezza (Ocampo); Castro e Gigliotti (Fagúndez)
Técnico: Pablo Repetto

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 06 de abril de 2022, quarta-feira
Árbitro: Kevin Ortega (PER)
Assistentes: Michael Orue e Jesus Sanchez (PER)
VAR: José Buitrago (COL)
Cartões amarelos: Jadsom Silva e Lucas Evangelista (Bragantino) Cándido, Trezza e Ocampo (Nacional)
GOLS: Ytalo, aos 34min do 1ºT; Hurtado, aos 48min do 2ºT

Compartilhe