Chape

CRUZEIRO

Mano Menezes comanda último treino do Cruzeiro antes de enfrentar a Chapecoense

Clube busca driblar momento turbulento na rodada neste domingo, às 19h

postado em 25/05/2019 13:13 / atualizado em 25/05/2019 13:19

<i>(Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)</i>
Como de praxe em momentos decisivos, o técnico Mano Menezes fechou o treino do Cruzeiro deste sábado, na Toca da Raposa II. Os jornalistas não puderam acompanhar a última atividade do time antes do duelo contra a Chapecoense, neste domingo, às 19h, no Independência, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista ao site oficial do Cruzeiro, o meia Robinho deu dica sobre o que foi trabalhado durante a semana. “Fazia tempo que não tínhamos uma semana cheia de treinamentos. Isso estava dificultando os trabalhos, pois o Mano não tinha muitas oportunidades de treinar o time. Esses últimos dias foram importantes para que pudéssemos colocar as coisas nos devidos lugares, poder treinar um pouco mais e aprimorar a parte física. A gente está no caminho certo para que no domingo possamos voltar a vencer”, disse.

Praticamente todo o elenco está à disposição para o confronto em Belo Horizonte. A única exceção é o lateral-direito Orejuela, que passou por cirurgia no joelho esquerdo e desfalcará a equipe por até 90 dias.

O principal retorno é do meia Thiago Neves. Ele não deverá ser titular contra a Chapecoense, mas se recuperou dos sintomas de uma dengue e ficará pelo menos no banco de reservas neste domingo. Embora tenha tido queda de rendimento, Rodriguinho deverá ser mantido na função de principal armador da equipe. Outro que volta é o lateral-direito Edilson. Na derrota por 4 a 1 para o Fluminense, no último sábado, ele cumpriu suspensão pela expulsão no jogo contra o Internacional.

Desta forma, caso Mano Menezes não apresente grandes surpresas, a tendência é que o Cruzeiro seja escalado com Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Romero; Robinho, Rodriguinho e Pedro Rocha (Marquinhos Gabriel); Fred.

No último sábado, na entrevista que concedeu após a goleada sofrida pelo Cruzeiro para o Fluminense, Mano Menezes antecipou que o objetivo seria manter a equipe. “Eu dificilmente vou mexer na equipe que perdeu por 4 a 1. Por respeito a eles, para resolver os problemas que aconteceram dentro do campo, repetindo determinadas situações, corrigindo determinadas situações”, disse o treinador, em 18 de maio.

Na 15ª colocação do Campeonato Brasileiro, com seis pontos, o Cruzeiro não vence na competição desde 5 de junho, quando bateu o Goiás por 2 a 1, no Mineirão. Dedé e Rodriguinho marcaram os gols da equipe celeste na partida válida pela terceira rodada do torneio nacional. 

Tags: cruzeiroec futnacional chapecoense seriea