Corinthians

ATLÉTICO

Patrocinadora do Atlético se posiciona após dono ser preso por fraude

Polícia Federal investiga esquema de fraudes no interior de São Paulo

postado em 04/09/2019 14:21

<i>(Foto: Bruno Cantini/Atlético)</i>
Patrocinadora do Atlético, a Universidade Brasil se pronunciou após a prisão preventiva do dono e reitor da instituição, José Fernando Pinto da Costa, de 63 anos. A Polícia Federal o investiga na Operação Vagatomia, por envolvimento em esquema de fraude na concessão do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

A Universidade Brasil anunciou a manutenção das atividades acadêmicas e administrativas e afirmou que contribuirá com as investigações. “A instituição de ensino esclarece também que está integralmente à disposição da Polícia Federal, assim como às demais autoridades em todas as esferas, para colaborar com quaisquer investigações e também para prestar todos os esclarecimentos que se façam necessários”, lê-se na nota (veja na íntegra no fim do texto).

A acusação aponta para um esquema de irregularidades no curso de Medicina oferecido pela instituição no interior de São Paulo. A PF cumpriu 19 dos 22 mandados de prisão nessa terça-feira.

Foram oito meses de investigação. A operação apura um esquema de fraude na concessão do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e na comercialização de vagas e transferências de alunos do Paraguai e Bolívia para o curso de Medicina da Universidade Brasil, no campus de Fernandópolis, no interior paulista.

Segundo as investigações, algumas vagas estariam sendo negociadas por até R$ 12 mil por aluno, vagas essas para ingresso, transferência e de financiamentos pelo Fies. Diante disso, os investigadores calculam cerca de R$ 500 milhões em bolsas concedidas de forma irregular nos últimos cinco anos.

José Fernando Pinto da Costa é apontado como um dos chefes do esquema.

O patrocínio da Universidade Brasil aparece na omoplata da camisa do Atlético. A instituição também é parceira de Corinthians e Flamengo.

Leia, na íntegra, a nota da Universidade Brasil


A Universidade Brasil vem a público para informar a alunos, docentes e funcionários, bem como a toda a comunidade universitária nacional e à população em geral, que suas atividades acadêmicas e administrativas seguirão as rotinas ordinariamente, a despeito dos recentes fatos ocorridos. Solicitações gerais, atendimento aos alunos, bem como o funcionamento de cursos, com aulas regularmente ministradas, continuarão a ocorrer dentro da normalidade em todos os campi.

A instituição de ensino esclarece também que está integralmente à disposição da Polícia Federal, assim como às demais autoridades em todas as esferas, para colaborar com quaisquer investigações e também para prestar todos os esclarecimentos que se façam necessários.

Tags: flamengorj corinthianssp galo seriea futnacional interiormg atleticomg