UAI


Sylvinho é avisado de que Gabriel Pereira pode ser afastado no Corinthians

Gabriel Pereira pode não ser relacionado para jogo contra a Chapecoense, na segunda-feira. Problema está na renovação contratual

29/10/2021 13:00 / atualizado em 29/10/2021 13:18
compartilhe
Sylvinho foi orientado a treinar e avaliar opções no grupo para suprir eventual ausência de Gabriel Pereira
foto: PHILIPPE DESMAZES/AFP

Sylvinho foi orientado a treinar e avaliar opções no grupo para suprir eventual ausência de Gabriel Pereira

O Corinthians trabalha com a possibilidade de afastar Gabriel Pereira do grupo profissional antes da próxima partida da equipe, que está marcada para segunda-feira, às 21h30, contra a Chapecoense, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A Gazeta Esportiva apurou que diretoria do clube já avisou Sylvinho sobre a situação. O técnico, desde então, tem trabalhado com o objetivo de preparar o time titular para os dois cenários: com e sem GP.

Gustavo Mosquito e Adson são as principais alternativas de Sylvinho para o duelo na Neo Química Arena, que vai marcar o retorno da aberta de 100% do estádio para o público.

Autor do passe para o gol de Giuliano, no Beira-Rio, domingo, o jovem atacante por pouco não foi barrado do confronto com o Internacional.

A cúpula alvinegra, irritada pela maneira como o empresário do atleta tem tratado a negociação sobre a renovação do vínculo contratual, chegou a decidir que GP ficaria de fora da partida.

A decisão foi reconsiderada, em cima da hora, apenas para não causar prejuízo à equipe, pois Sylvinho havia preparado o time durante toda a semana contando com Gabriel Pereira entre os 11.

Dessa vez é diferente. O técnico foi avisado com antecedência para poder treinar e avaliar opções no elenco, com tranquilidade, que possam suprir uma eventual ausência de GP.

Desde janeiro, o Corinthians tem buscado renovar o contrato do jogador, que vence em março de 2022.

Ivan Rocha, representante do atleta de 20 anos, não respondeu à proposta oficial que lhe foi enviada, sequer apresentou uma contraproposta e passou a oferecer GP a outros clubes.

O Corinthians está decidido a afastar o jogador se não obtiver uma resposta nas próximas horas sobre a proposta colocada à mesa. Uma eventual decisão do empresário e do atleta por encerrar as conversas também refletiria na retirada de GP do grupo.

Caso isso aconteça, Gabriel Pereira teria de esperar até março do ano que vem para se transferir, de graça, para outro time. A janela do mercado europeu mais perto seria a de agosto.


Compartilhe